No Instagram

Paulo Pires lamenta morte: "Ficou muita coisa por dizer"

Paulo Pires reagiu à morte do ator António Marques, com quem mantinha uma forte amizade.

"Querido António Marques, soube hoje que partiste. Ficou muita coisa por dizer", começou por desabafar Paulo Pires, na legenda de uma imagem que partilhou no Instagram, na qual se pode ver os dois atores.

"Conhecemo-nos no Brasil, mas foi em Lisboa que trabalhámos juntos. Em 2000, no Teatro Nacional D. Maria II, na 'Real Caçada ao Sol', de Peter Shaffer, encenada pelo Carlos (Avilez). Disse-te, mais tarde, que tinha ficado apreensivo, quando soube que eras tu o Pizarro, porque não tinha gostado muito do nosso encontro no Brasil. No entanto, tal como as nossas personagens (Atahulpa e General Pizarro), conhecemo-nos e construímos uma boa amizade", recordou o ator.

"Casei-me nesse ano, no meio dessa peça. Ficaste, também, amigo da Astrid e, mais tarde, da nossa primeira filha (Chloë). Tornaste-te da casa, da família, e nós da tua! Muitos foram os jantares em que achavas que cozinhas melhor do que todos e tantos em que a Astrid cozinhava e eu a elogiava. Passagens de ano a beber e a jogar às cartas até de manhã, sempre a rir. Ficam tantas histórias, António", continuou Paulo Pires, antes de evocar alguns episódios.

"Uma luta com espadas em que a minha se partiu (tal a força). Gargalhadas (sempre fora do palco), alguns amuos, o dia em que a Chloë espirrou para cima de ti com a boca cheia de sopa, quando o Ben (teu cão) me mordeu, a forma como fugias do camarim quando alguém te procurava depois de uma estreia. A forma como mostravas que não querias continuar uma conversa, dizendo, com um sorriso e após uma pausa: 'É complicado'. O orgulho que transparecia quando falavas da tua filha Inês. A nossa célebre viagem a Formentera, lembram-se Astrid e Victor? Ficam tantas histórias, António. Que vontade de te ter dado mais um abraço, querido António! RIP, amigo", rematou Paulo Pires.

Recorde-se que António Marques morreu aos 80 anos, na noite da passada quarta-feira, dia 24, em Cascais, vítima de insuficiência cardíaca.

António Marques participou em vários projetos da TVI, entre eles "Morangos com Açúcar", "Inspector Max", "O Beijo do Escorpião", "Doce Fugitiva", "Mundo Meu", "A Única Mulher" ou " A impostora".

Relacionados