urlvisit

Luísa Castel-Branco mostra-se revoltada: "Pura pobreza de espírito"

Luísa Castel-Branco na SELFIE
Luísa Castel-Branco vive "tempos de tristeza" e confessa: "O silêncio pesa"

A escritora Luísa Castel-Branco partilhou um desabafo, nas redes sociais.

Foi no passado sábado, dia 6, que o grupo The Black Mamba, com a música "Love is on my Side", venceu a 55.ª edição do Festival da Canção, representando, assim, Portugal no Festival Eurovisão da Canção, em maio, nos Países Baixos.

Luísa Castel-Branco não se mostrou indiferente a esta vitória, conforme demonstrou no Instagram. "Não sei, nem interessa, se esta canção, que ganhou o Festival, é boa ou má. O meu espanto é Portugal ser representado por uma música em inglês! Primeiro, a RTP nem sequer devia ter aceitado a concurso tal coisa. Depois, a língua é a pátria de todos nós", começou por criticar a escritora, de 66 anos.

"Ouvi ótimas músicas e interpretações. Mas parece-me que, mesmo depois de já termos ganhado este Festival, vamos esquecer os excelentes artistas, compositores e autores. Pura pobreza de espírito. E, depois, vão manifestar-se contra a falta de apoio à cultura. Qual cultura? A inglesa? Uma vergonha. Não há outra palavra que defina o que se passou", terminou Luísa Castel-Branco.