urlvisit

Luís Aleluia chora morte: "Penalizo-me por nunca lhe ter ligado"

Fátima Lopes entrevista Luís Aleluia no "Conta-me Como És"
A Tarde é Sua: Carlos Miguel o «fininho»
Conta-me como és - Fátima Lopes entrevista Luís Aleluia

Através das redes sociais, o ator Luís Aleluia deixou um texto emotivo, ao qual os seguidores não ficaram indiferentes.

Foi no passado sábado, dia 19, que faleceu o ator Carlos Miguel, mais conhecido como "O Fininho". O artista faleceu, aos 77 anos, vítima de doença prolongada.

Nas redes sociais, têm-se multiplicado as homenagens a Carlos Miguel. Luís Aleluia foi um dos famosos que fizeram questão de lhe prestar um tributo.

"Este ano é para esquecer. Só lembrar as boas memórias que nos confortam. Eu e o Carlos Miguel nunca trabalhámos juntos no teatro, cruzámo-nos uma ou duas vezes em programas de televisão. Mas mantínhamos o respeito e a admiração pessoal", começou por desabafar o ator.

Luís Aleluia revelou, ainda, um episódio que envolve Carlos Miguel: "Há uns meses, tinha um recado no escritório para lhe ligar, porque precisava de falar comigo. Não lhe liguei nesse dia, porque já era tarde, nem no outro, por outro motivo qualquer. Ligo hoje, ligo amanhã e acabei por nunca lhe telefonar. Ontem, veio-me à memória o recado e pensei: 'Tenho de ligar ao homem.' Hoje, recebi a notícia da partida do Carlos. Penalizo-me por nunca lhe ter ligado, espero que me perdoe. E espero poder não voltar a adiar os telefonemas, os cafés, os almoços e os abraços de mais ninguém. Que Deus o receba em paz!"

Recorde-se que Carlos Miguel construiu uma carreira de cerca de 40 anos, grande parte dela nos palcos do teatro de comédia e de revista, sobretudo no Parque Mayer, em Lisboa.