urlvisit

Jorge Palma chora morte: "Deixa-nos a memória do generoso sorriso"

Jorge Palma dá concerto na redação da TVI
Jorge Palma surpreende presidente da Junta de Freguesia de Benfica
Autores: Convidado Jorge Palma
Jorge Palma e Sérgio Godinho ao vivo no Jornal das 8
Câmara Exclusiva: À conversa com Jorge Palma

O músico Jorge Palma deixou uma mensagem emotiva, no Instagram, e os seguidores não se mostraram indiferentes.

Foi na passada sexta-feira, dia 30, que faleceu a pianista Olga Prats, aos 82 anos, vítima de doença oncológica. Nas redes sociais, sucederam-se as homenagens à artista.

Jorge Palma foi uma das figuras públicas que fizeram questão de recordar Olga Prats. "Morreu a minha amiga Olga Prats. Grande pianista, excelente professora, pessoa de carácter forte e gentil, de uma doçura extraordinária. Antes de ter sido minha professora no Curso Superior de Piano do Conservatório Nacional, tínhamos ambos apoiado a candidatura de Maria de Lurdes Pintassilgo à Presidência da República, em 1986", começou por afirmar o músico.

"Mais tarde, em 2002, foi ela quem me telefonou para me dizer que tinha ganhado o prémio José Afonso desse ano. Durante os últimos 40 anos, foram muitos os encontros, entre aulas de piano, reuniões, concertos do Opus Ensemble e dela própria, a solo, visitas e palcos. Foi ela quem me dirigiu para o Miguel Henriques - meu último professor de piano no Conservatório -, já que passou a fazer parte da equipa que se dedicou à restruturação do novo Curso Superior de Música", acrescentou Jorge Palma.

O intérprete de "Estrela do Mar" destacou, ainda, o espírito afável de Olga Prats: "Nunca a vi zangada, falava-me, apaixonadamente, de pessoas, como a Constança Capdeville, Fernando Lopes-Graça ou Astor Piazzolla, de cujas obras para piano foi a principal e brilhante intérprete em Portugal. Vi-a triste e desconsolada, aquando das mortes sucessivas destes três compositores, assim como do falecimento de Bruno Pizzamiglio - oboísta e chefe de orquestra, um dos quatro elementos fundadores do Opus Ensemble - e, sobretudo, quando perdeu o seu filho João."

"Estivemos juntos, pela última vez, em 2019, quando aceitou ser minha convidada especial no programa de televisão 'Alta Fidelidade', apresentado pelo Vasco Palmeirim", revelou, ainda, Jorge Palma, na legenda de um vídeo de um excerto desse programa.

"Olga Prats deixa-nos um imenso legado discográfico e a memória do seu generoso e terno sorriso", completou Jorge Palma.

Veja, agora, o vídeo partilhado por Jorge Palma.