urlvisit

Eunice Munõz vai ter filme sobre 80 anos de carreira e neta elogia: "Será uma memória"

Filme sobre Eunice Muñoz estreia em novembro
Eunice Muñoz despede-se dos palcos
Eunice Muñoz homenageada pelo Presidente da República
Ruy de Carvalho e Eunice Muñoz protagonizam videoclipe de Rogério Charraz
Eunice Muñoz entrevistada por Fátima Lopes no "Conta-me Como És"

Um documentário sobre Eunice Muñoz em comemoração dos seus 80 anos de carreira, realizado a pedido da atriz como passagem de testemunho à neta, estreia-se no dia 4 de novembro em mais de 30 salas do país.

"Decidi que era altura de passar o testemunho e ver continuado o sonho do teatro pela minha neta Lídia [Muñoz], testemunho que passo orgulhosamente e que quis ver registado pelo cinema", afirmou Eunice Muñoz, de 93 anos, durante a apresentação do filme à imprensa.

O início do filme é uma sequência de imagens sob a voz do ator Ruy de Carvalho, que faz o prólogo do filme, seguida da música de Maria João Pires, a tocar a sonata n.º 14 de Beethoven.

O documentário – ou "lugar de memória", como o realizador Tiago Durão prefere chamar-lhe – revela a cumplicidade natural entre Lídia e Eunice, abrindo portas à intimidade e aos rituais domésticos de avó e neta.

Lídia Muñoz, também ela atriz, respondeu à avó não saber como é que se recebe "um testemunho destes, tão pesado e tão importante" e confessou ter "algum medo de não estar à altura" desse testemunho.

No Instagram, a neta de Eunice Muñoz agradece ao companheiro, Tiago Durão, por estar a eternizar esta memória da avó. "Este filme, neste ano em que serei mãe, faz-me pensar que, um dia, o meu filho pode viajar para este sítio onde fui feliz. Não sei se é um filme, se é um documentário, se é um lugar de verdade ou de memória, sei que, ali, vejo a minha avó, como a vejo todos os dias, sei que existe verdade e que, um dia, será uma memória", escreveu Lídia Muñoz que considera esta memória "necessária a um país que teima em não se lembrar dos seus mais velhos com quem temos uma dívida de gratidão que nunca poderemos pagar", acrescentou.

Recorde-se que avó e neta estão em digressão pelo país com a peça "A Margem do Tempo", na qual duas atrizes de gerações distintas representam a mesma mulher, em épocas diferentes.

Realizado por Tiago Durão, "Eunice ou carta a uma jovem atriz" terá uma antestreia, a 03 de outubro, e estará na secção Heart Beat do festival DocLisboa, que acontece entre 21 e 31 desse mês.

Todo o dinheiro conseguido com a comercialização do filme será doado à Casa do Artista, uma decisão conjunta de Eunice Munõz e da equipa de produção.