urlvisit

Dalila Carmo: "Por que motivo é que Portugal se está a tornar na vergonha da Europa?"

Dalila Carmo na Selfie
Dalila Carmo: «Adoro a minha Lúcia, este foi o meu projeto preferido»
"Na Corda Bamba": Dalila Carmo e Margarida Serrano protagonizam cena carregada de emoção
Dalila Carmo partilha fotografias antigas
Recorde o percurso de Dalila Carmo na TVI

Em plena pandemia de coronavírus, a atriz Dalila Carmo deixou um desabafo emotivo.

São várias as consequências que a pandemia de coronavírus continua a trazer para muitos de nós. Uma das principais é um maior cuidado no contacto com familiares e amigos, para evitar a propagação da covid-19.

Foi, precisamente, para essa necessária prudência que Dalila Carmo chamou à atenção, numa publicação feita, recentemente, no Instagram.

"A minha avó mais nova e linda vai fazer 96 anos, neste mês. Continua com muita vontade de ver a família e quer que este vírus se vá embora. Gostava mesmo de lhe dar um beijo e um abraço e preparo-me para o segundo teste de covid para ter a certeza absoluta de que posso chegar até ela sem lhe fazer mal", começou por contar a atriz, na legenda de algumas fotografias raras da familiar.

De seguida, Dalila Carmo fez um desabafo sobre alguns comportamentos de risco, em plena pandemia: "Não custa assim tanto sermos mais prudentes pelos outros e por nós também. Por que motivo é que Portugal se está a tornar, agora, na vergonha da Europa com os números a subir? Por que motivo é que continuo a tomar conhecimento de festas ilegais, pessoas que fogem de casa, sabendo que têm covid ou que têm de cumprir uma quarentena?". 

"Está calor e é verdade que apetece abrir as portas. Mas a imprudência vai sair tão cara, que mais vale fazer, agora, um pequeno esforço. Estamos todos muito, muito, muito fartos. Mas podemos ficar ainda mais fartos e mais pobres", concluiu a artista.

Veja, agora, as imagens raras da avó de Dalila Carmo, na galeria de fotografias que preparámos para si.