urlvisit

Com Betty Grafstein no hospital, José Castelo Branco vive momento "traumático": "Senti-me escorraçado"

José Castelo Branco revela episódio "perturbante" em hospital: "Ia sendo preso"
Agir mostra-se indignado com José Castelo Branco: "É grave demais"
José Castelo Branco deslumbra em casamento
José Castelo Branco na SELFIE
O estilo de vida exuberante de José Castelo Branco em Nova Iorque
José Castelo Branco e Pedro Soá trocam "mimos" nas redes sociais

O socialite José Castelo Branco relatou um episódio "traumático" que viveu no hospital, onde Betty Grafstein se encontra, atualmente, internada.

Foi há uns dias que Betty Grafstein, de 92 anos, tropeçou nos saltos altos de José Castelo Branco e acabou por sofrer uma queda, conforme contou, na altura, o socialite aos seguidores do Instagram. Entretanto, a mulher de José Castelo Branco teve de receber assistência hospitalar, por estar com "a perna inflamada".

Num vídeo, publicado no Instagram, José Castelo Branco relatou aquele que considerou ser um episódio "traumático", vivido no hospital, onde Betty Grafstein está internada. De acordo com o socialite, ao regressar à unidade hospitalar, da qual se tinha ausentado, durante uns minutos, para fumar um cigarro, José Castelo Branco foi impedido de entrar, pelos seguranças. 

"Ia sendo preso. Aqui, nesta terra, não se brinca em serviço e ainda falam mal da nossa polícia portuguesa. Se soubessem como é a polícia americana, vocês morriam dez vezes", lamentou. 

José Castelo Branco ainda desabafou sobre as regras do hospital, adaptadas à pandemia Covid-19, que não permitem a permanência de duas pessoas, ao mesmo tempo, ao lado de Betty Grafstein: "Houve uma atenção especial para o filho da Betty poder subir e só pode estar aqui durante uns dez ou 15 minutos e não podem estar duas pessoas. [...] E, aqui, ninguém entra, ninguém sobe, sem mostrar as vacinas, sem fazer o teste rápido. Um horror."

"Ontem, fui obrigado a deixar a Betty e de tal forma fiquei perturbado que acabei por fazer xixi na cama. Quando adormeci, sozinho, fiquei cheio de medo, tão traumatizado. Só de pensar quando o polícia me agarrou pelas mãos a atirar as minhas Louboutin como se fossem lixo para o meio da rua... Senti-me completamente escorraçado", acrescentou.

Veja, agora, o vídeo partilhado por José Castelo Branco.