urlvisit

Catarina Furtado mostra-se irritada: "Quero que os meus filhos cresçam numa sociedade diferente"

Catarina Furtado na SELFIE
Catarina Furtado declama poema
Catarina Furtado adere ao movimento "Vermelho em Belém" com apelo emotivo
As férias paradisíacas de Catarina Furtado
Ousada, Catarina Furtado faz furor na gala dos Emmys 2018

A apresentadora Catarina Furtado denunciou um "episódio deprimente" e confessou sentir-se incrédula e irritada.

Na semana passada, Conceição Queiroz foi alvo de insultos, durante uma reportagem em direto, na TVI24. Muitas figuras públicas não se mostraram indiferentes a estas ofensas e manifestaram o seu desagrado, nas redes sociais.

Foi o caso de Catarina Furtado. "Na última semana, mais uma vez em Portugal, em direto e a cores, aconteceu um episódio deprimente de racismo com a jornalista Conceição Queiroz. Fico incrédula. Fico irritada, mas, sobretudo, não fico paralisada. Quero que os meus filhos (e netos, se lá chegar!) cresçam numa sociedade diferente. Sou uma migalha, mas, na minha conduta de vida, não passarão incólumes estas tristes ocorrências", começou por desabafar  a apresentadora, de 48 anos.

Entretanto, Catarina Furtado falou sobre uma iniciativa solidária, relacionada com o racismo: "#makalisboa é uma t-shirt que foi usada pelo nosso querido Carlão no 'The Voice Kids'. É uma t-shirt dedicada a todas as vítimas de injustiça e opressão, e as todos os lutadores, pela liberdade, igualdade e representatividade."

Na caixa de comentários da publicação, a própria Conceição Queiroz reagiu a este gesto de Catarina Furtado: "Oh, minha guerreira! Obrigada, pelo teu carinho. Obrigada, por seres voz. Obrigada, pela lucidez. Vivemos tempos que nos desafiam. Cá estamos. Respiro e avanço. Não desisto. Querida, obrigada outra vez! Haja gentileza! Haja amor! E mais gente como tu, que não finge que não viu. És única!"