urlvisit

Carlos Cruz chora morte: "Desgosto e tristeza"

Redação Selfie
Carlos Cruz na SELFIE
Carlos Cruz em «Conta-me como és»
Carlos Cruz: «A televisão portuguesa precisa de um abanão»
Filha mais nova de Carlos Cruz na SELFIE
Fátima Lopes entrevista Carlos Cruz no "Conta-me Como És"

O antigo apresentador Carlos Cruz mostrou-se de luto, nas redes sociais, e aproveitou para deixar um desabafo que emocionou os seguidores.

Faleceu, no passado dia 19 de novembro, o advogado António Serra Lopes, aos 87 anos. Após dez dias, Carlos Cruz decidiu prestar uma homenagem emotiva àquele que considera ser "um amigo especial".

"Há notícias que me atingem, provocando desgosto e tristeza. Entre elas, as mais penosas são, sem dúvida, as que me informam da partida de um amigo especial. Por isso, reajo sempre, quando acho que o devo fazer publicamente, só depois de viver parte do luto e depois de interiorizar a realidade como inevitável. Não é por escrever muito que a tristeza diminui", começou por desabafar o antigo apresentador, de 79 anos.

De seguida, Carlos Cruz sublinhou a importância que António Serra Lopes teve na vida do comunicador: "Sinto muito a partida do Dr. António Serra Lopes, que foi, várias vezes, um guia na minha vida, desde 1969. Amigo, também, do Fialho Gouveia e do Raul Solnado, decidiu ser nosso advogado, para sempre e pro bono. Mas o que mais recordo é o amigo indefectível. Fonte de saber e cultura, o António ensinou-me valores, mostrou-me caminhos em muitas conversas ao longo dos anos, em que, também, me fez rir muitas vezes, porque praticava o sentido lúdico da vida."

"A frase da filha, Inês, define-o: 'A esta hora, ouvem-se gargalhadas, no céu!' Descansa em paz, António, e até sempre!", completou Carlos Cruz.