urlvisit

Atriz Carla Chambel revolta-se: "Sinto-me impedida de exercer a minha profissão"

Recorrendo ao Instagram, a atriz Carla Chambel partilhou um desabafo e ganhou a solidariedade dos seguidores.

No Instagram, Carla Chambel mostrou-se indignada, após o adiamento do espetáculo "Medeia", de cujo elenco faz parte e que iria subir ao palco, no Fórum Cultural de Alcochete, na passada sexta-feira, dia 10.

"O espetáculo 'Medeia' foi adiado. Não, não houve nenhum surto de nenhum vírus pandémico. Ou, talvez, um outro tipo de doença esteja impregnada nas mentes de quem age desta forma, a prejudicar o público, a cultura e os seus profissionais", começou por desabafar a atriz, de 44 anos.

De acordo com Carla Chambel, as eleições autárquicas, que se realizam no próximo dia 26 de setembro, são o motivo para este adiamento: "Uma queixa feita à Comissão Nacional de Eleições, por um partido da oposição, fez com que a mesma Comissão emitisse um parecer de adiamento de todas as iniciativas culturais programadas pelo Município de Alcochete, até à data das eleições. O que significa que, durante as duas próximas semanas, não haverá teatro, nem concertos, nada! Diga-se que isto é cingido ao concelho em questão, mas imaginem se isto se tornasse prática em todo o país!"

"É um precedente gravíssimo, sinto-me impedida de exercer a minha profissão por razões políticas e isto cheira-me a outros tempos. Estou indignada, revoltada, profundamente triste por não pisar o palco ao lado dos meus colegas e por não chegar ao público, por razões destas", completou Carla Chambel.

Na caixa de comentários, muitas amigas e colegas da atriz mostraram-se solidárias. Foi o caso de Joana Seixas, Sofia Grillo e Amélia Videira.

Veja, agora, algumas das melhores imagens de Carla Chambel, na galeria de fotografias que preparámos para si.