urlvisit

Após ter alta, Katia Aveiro explica: "Preciso fazer fisioterapia pulmonar"

Katia Aveiro: "A pneumonia não passa de um dia para o outro"
Katia Aveiro: "Só Deus sabe o que eu esperei por este momento"
Internada com Covid-19, Katia Aveiro garante: "Acordei firme e forte"
Katia Aveiro na SELFIE
Katia Aveiro partilha imagens da decoração original do quarto do filho mais novo

Um dia após ter tido alta, Katia Aveiro mostrou-se em casa e falou sobre a longa recuperação que a espera, após ter sido infetada com Covid-19.

"Já fiz o meu exercício pulmonar matinal", começou por revelar Katia Aveiro, num vídeo, no qual se mostra a apanhar ar, na varanda da casa da família Aveiro, na Madeira.

"O ar é uma coisa preciosa, e a respiração por sua vez, também", acrescentou a empresária, de 44 anos, que foi internada com uma pneumonia causada pela Covid-19 e teve alta na passada quinta-feira, dia 29. 

"Perguntam se já estou bem. A pneumonia não passa de um dia para o outro, mas o facto de já ter vindo para casa já é positivo. Agora, tenho que fazer diariamente fisioterapia pulmonar, para recuperar os meus pulmões", explicou a irmã de Cristiano Ronaldo.

"Felizmente, não sou fumadora, nem nunca fui, isso facilita o processo. Mas é importante que as pessoas saibam que não é de um dia para o outro que uma pessoa fica bem. Vamos recuperando, vamos ganhando todos os dias uma evolução, mas é preciso fazer fisioterapia pulmonar", continuou, antes de revelar: "Hoje, vou nadar um pouquinho. O fisioterapeuta aconselhou, diz que nadar é bom para abrir os pulmões. É um processo, é preciso cuidar-nos."

"E a nossa função agora, pós-pneumonia, é que os nossos pulmões voltem a funcionar como antes. Ficam um pouco danificados, por isso é que ficamos com dificuldades respiratórias, e o processo da fisioterapia é exatamente para abrir os pulmões e voltarmos a ter os pulmões como eram antes. Os meus pulmões são saudáveis, ficaram maltratados agora, mas vão voltar ao que eles eram", finalizou Katia Aveiro.

Veja, agora, o vídeo partilhado por Katia Aveiro a explicar o processo de recuperação, após a alta hospitalar.