urlvisit

Angélica sobre vida após "Big Brother": "As oportunidades não caem do céu"

Redação Selfie
"Big Brother": conheça a concorrente Angélica Gallettino
"Big Brother": após cirurgia às bochechas e mudança de look, Angélica surge irreconhecível!
"Big Brother": Angélica responde a questões dos fãs sobre cirurgias plásticas
"Big Brother": Angélica submete-se a cirurgia plástica e mostra pós-operatório

A ex-concorrente do "Big Brother 2020" Angélica fez uma partilha, nas redes sociais, na qual fala sobre a avida após a saída do reality show da TVI.

Angélica Del Mar fez uma reflexão acerca das "queixas" de alguns ex-concorrentes do "Big Brother 2020" por "não terem oportunidades de trabalho".

Na opinião da jovem venezuelana, é importante ter em conta que "as oportunidades não caem do céu". "Elas [oportunidades de trabalho] procuram-se com sacrifícios e esforço", frisou Angélica Del Mar, antes de revelar que recusou entrar no "Big Brother - A Revolução" por coincidir com o primeiro dia de trabalho numa fábrica, na qual trabalha há sete meses.

Depois, a jovem conta que já foi questionada várias vezes sobre o facto de trabalhar numa fábrica após o mediatismo que alcançou no reality show da TVI. "Só posso dizer que sou grata por ter trabalho e aprender algo novo, mesmo que não tenha nada a ver com Jornalismo ou Psicologia [áreas em que Angélica é formada]", afirmou a ex-concorrente do "Big Brother".

"O trabalho honrado não deve ser motivo de vergonha para nenhuma pessoa. Vergonha é não trabalhar e depender de outras pessoas para viver", rematou Angélica Del Mar.