urlvisit

Pedro Crispim é alvo de ofensas homofóbicas por parte de fãs de concorrentes do "Big Brother"

Ana Garcia Martins: «Se não acontecer nada, provavelmente, esta é a minha última gala»
Joana Diniz lança farpas a Pedro Crispim: «Acha-se cantor mas não canta nada»
Helena volta a criticar Pedro Crispim: «O que diz, transforma-o numa pessoa feia»
Pedro Crispim denuncia insultos homofóbicos nas redes sociais
Pedro Crispim na SELFIE

Após a passada gala do "Big Brother - Duplo Impacto", Pedro Crispim foi alvo de novos comentários homofóbicos e denunciou-os, através das redes sociais.

A gala do passado domingo, dia 10, ficou marcada por um momento polémico, depois de Ana Garcia Martins ter chamado a atenção para os comentários de teor homofóbico de alguns concorrentes contra o comentador Pedro Crispim. Depois de esta situação ter sido discutida durante a emissão, o comentador expôs, nas redes sociais, as mensagens que recebeu por parte de internautas que se mostram fãs de alguns dos concorrentes visados.

"Gay de m****"; "És mesmo gay"; "Crispim é uma mulher, parece que tem barbatanas"; "Adorei as imagens de ontem. [...] Grande Joaninha e grande Helena. [...] Fora com as bichas ressabiadas" "Não vales um c******, larilas", foram algumas das mensagens que Pedro Crispim recebeu e decidiu mostrar na página de Instagram.

Recorde-se que "Pipoca Mais Doce" fez questão de assinalar os comentários de teor homofóbico por parte de alguns concorrentes da casa, que afirmarem, em tom jocoso, durante um jogo, que Pedro Crispim não seria bem "um homem". Um momento que deu muito que falar, nas redes sociais, e que deixou muitos internautas revoltados, inclusive, figuras públicas, como Luís Borges.

Ana Garcia Martins chegou mesmo a dizer que aceita ser criticada, mas que nunca teceu comentários homofóbicos ou xenófobos: "Muitos dos concorrentes entraram com a missão de fazer dos comentadores bode expiatório e os culpados de tudo o que eles fazem dentro da casa. [...] Nós limitamo-nos a assinalar o que eles fazem de bom e de mau e não somos nós que agimos por eles, mas entraram com essa missão, e tudo bem, estou há 17 anos nas redes sociais e já fui ofendida de tudo o que possam imaginar [...] e podem acusar-nos de tudo, enquanto comentadores, podem acusar-nos de sermos injustos, parciais, corrosivos, sarcásticos... não podem dizer é que os julgamos com base na cor, na raça, na orientação sexual, isso nunca aconteceu, portanto, do outro lado, acho que isso, também, não pode acontecer e aconteceu, ontem."

"Foram ditas coisas muito graves em relação a um comentador, ao Pedro Crispim, isso foi muito comentado nas redes sociais e acho que isso não pode passar impune. Se estes concorrentes que participaram nisto, nomeadamente, Joana Diniz, Rui Pedro, Teresa, e, de forma, direta ou indireta, Helena Isabel, se não houver nenhum tipo de sanção, ou se não forem admoestados de alguma forma, no que me toca a mim, vai comprometer o meu futuro, enquanto comentadora", sublinhou.

(Re)veja agora as imagens.