urlvisit

2 anos após acidente grave, João Espírito Santo em lágrimas com mensagem do filho: "És inesquecível, pai"

Redação Selfie
João Espírito Santo em lágrimas com mensagem dos filhos
João Espírito Santo: «Tive um acidente que, efetivamente, mudou a minha vida»
João Espírito Santo: «Hoje em dia, sou uma pessoa muito mais calma»
A importância da fé na recuperação de João Espírito Santo
Dr. João Espírito Santo na SELFIE

O médico dentista João Espírito Santo marcou presença, na edição desta terça-feira, dia 26, do programa "Dois às 10", e recordou um acidente grave que sofreu há dois anos.

A emissão desta terça-feira, dia 26, do programa "Dois às 10" contou com a presença de João Espírito Santo. Desta vez, e ao contrário do que é habitual, o médico dentista não modificou o sorriso de nenhum espetador. Na verdade, o João Espírito Santo recordou, numa conversa emotiva, o acidente de viação, quase fatal, que sofreu há exatamente dois anos.

"Recordo-me de que, nesse dia, fui ter com uns amigos e colegas de trabalho. [...] E, quando me fui embora, tive um acidente que, efetivamente, mudou a minha vida", começou por afirmar, visivelmente emocionado.

O médico dentista assegura que nada fazia prever que iria sofrer este acidente grave: "Sou uma pessoa cuidadosa, ao conduzir. Estou habituado à estrada... Tive um acidente e acho que o testemunho que posso dar, aos outros condutores, é garantir que nunca estamos seguros. Não estamos preparados para um embate. E muito menos estamos preparados para não conseguirmos sair de um embate."

"A pior coisa de que me lembro foi ouvir uma pessoa a dizer que estava morto e eu a tentar pôr os pés ao contrário para provar que estava vivo", recordou, ainda.

Comovido, João Espírito Santo afirmou que, quando acordou do coma - 13 dias depois -, os médicos consideraram que o seu estado era crítico. E, com lágrimas nos olhos, o entrevistado recordou como a família viveu esses dias de incerteza. "O meu filho do meio, o João, não me perdoa, por ter faltado à festa de anos dele", sublinhou, lembrando, de seguida, que acordou do coma exatamente no dia do aniversário da criança.

Entretanto, João Espírito Santo ficou em lágrimas com o testemunho desse filho: "Tu és inesquecível, pai. No dia anterior ao meu aniversário, estava a chorar, no meu quarto, por não estares comigo. Basta tu, a mãe ou alguém da família não estar para que tudo mude. [...] Se não estivesses cá, não poderia sentir mais o teu amor e carinho, ia ter muitas saudades tuas e ia chorar, todos os dias. És a minha melhor companhia."

Além dos outros dois filhos - Leonor e Bernardo -, a esposa do médico dentista, Mariana Seabra, fez questão de deixar, também, uma mensagem emotiva: "Estes dois anos foram difíceis, mas, também, vitoriosos. Fomos colocados à prova de uma forma muito exigente. Foi um tempo de muita aprendizagem e muita fé. Que este momento sirva para o crescimento de todos nós."

Dois anos após o acidente de viação, João Espírito Santo garante que é um homem diferente: "Hoje em dia, sou uma pessoa muito mais calma."