urlvisit

Em lágrimas, Margarida Aranha fala sobre relação com milionário suíço: "Sentia-me violada"

«Acabei por ceder, envolvi-me com ele. Sentia nojo de mim própria»
Recordamos Margarida Aranha no «Love on Top»
Margarida Aranha: «Chamavam-me muitos nomes»
Margarida Aranha revela detalhes da «relação» com milionário suíço
Fátima Lopes: «Falaram do sexo entrar neste acordo?»
Margarida Aranha sobre milionário suíço: «Era um compromisso de interesses»
Margarida Aranha: do sonho ao pesadelo em relação com milionário suíço
Fátima Lopes: «Durante quanto tempo foi usada por este homem?»
Margarida Aranha recorda momentos de terror: «Eu não tinha como fugir dele»
"Love On Top": Margarida Aranha na Selfie

Margarida Aranha esteve à conversa com Fátima Lopes, no programa "A Tarde É Sua".

Margarida Aranha começou por confessar que sempre teve o sonho de entrar num reality show, o que a levou a participar em duas edições do "Love On Top". A ex-concorrente do reality show da TVI contou, depois, como conheceu o milionário suíço - com cerca de 60 anos -, de quem ficou noiva em plena passadeira vermelha do Festival de Cinema de Cannes. "Convidou-me para fazer uma presença", explicou a jovem de Évora, que acabaria por receber, mais tarde, uma proposta: "Quero propor-te vires para aqui, podes trabalhar ou não, é uma opção tua, vens para a minha casa, podes vir trabalhar para a minha empresa, ou não, é uma opção tua. [...] Ele não me falou em sexo, só para deixar bem claro isso."

Margarida Aranha revelou que aceitou a proposta, porque tinha algumas dívidas, na altura, e "precisava de dinheiro". "Não tinha a noção de que aquilo me poderia causar muitos problemas. Além disso, eu estava num tratamento psicológico. Não estava bem", assumiu a ex-concorrente do "Love on Top".

"Fiquei encantada com a ideia de poder ter uma boa vida", confessou a jovem, que assumiu: "Na altura, era mais fútil do que sou hoje em dia. [...] Pensei: vou ter uma vida de princesa."

Foi então que Margarida Aranha e o milionário suíço foram de férias para a Tailândia, antes do pedido de casamento, que mudou as coisas entre o casal. "No dia a seguir, começaram as exigências", explicou a jovem, contando que, a partir daí, o então noivo passou a exigir que tivessem relações sexuais: "Nem no dia em que eu te peço em casamento tu tens relações sexuais comigo! Isso não é normal numa relação."

Margarida Aranha, de 27 anos, assumiu, então, a Fátima Lopes: "Acabei por ceder, envolvi-me com ele. [...] Sentia nojo de mim própria. Sentia-me violada."

A psicóloga Teresa Paula Marques analisou a situação e não teve dúvidas: "A partir desse momento, ela passa a ser uma escrava sexual."

Veja, agora, os vídeos com a conversa de Margarida Aranha com Fátima Lopes.