urlvisit
EXCLUSIVO

Joana Freitas Araújo: "Quero, mais do que nunca, ter uma menina"

Joana Freitas Araújo na SELFIE
Joana Araújo sobre "Você Na TV": "Trago muitas recordações na bagagem"
O segredo da boa forma de Joana Freitas Araújo
Joana Freitas Araújo lança colecção cápsula com a Marca Albertina Vieira

A SELFIE conversou, em exclusivo, com Joana Freitas Araújo, e dá-lhe a conhecer melhor a assistente do "Você Na TV", que sonha voltar a casar e ter uma menina.

Para quem apenas a conhece da televisão, fale-nos um bocadinho sobre as suas origens.
Venho de uma família numerosa. Somos oito irmãos e cresci num dos sítios mais lindos de Lisboa: Belém.

Trabalhar em TV foi um sonho, desde cedo?
Em criança, queria ser atriz, militar e astrónoma... tudo a ver (risos). A vida levou-me à escola de representação do grande Celso Cleto.

Como é que surge a oportunidade de integrar a equipa do "Você Na TV"? Em que área trabalhava?
Na altura, já tinha terminado de gravar há uns três meses, por isso, quando me ligaram da NBP, com a proposta do "Você Na TV", aceitei. Nunca me passou pela cabeça que seria o início de um dos caminhos mais importantes da minha vida.

A par do "Você Na TV", tem investido na área da representação, vestuário... e ainda gere um negócio familiar, na área da construção civil. Podemos considerá-la a mulher dos sete ofícios, ou uma caixinha de surpresas?
Tento conciliar a representação com o horário do "Você Na TV", por isso, tenho tido situações pontuais. Antes da pandemia, estava a gravar para a novela "Amar de mais", em que sou a Amália. Já estou em marcha com a coleção outono/inverno, e quase a terminar a primeira obra a meu cargo. Sou a mulher dos sete ofícios.

O que lhe dá realmente prazer?
Pode parecer vago, mas o que me dá mesmo prazer é olhar para os que amo e sentir felicidade, por tê-los comigo. Dou muito valor à vida.

Foi mãe aos 18 anos. Como foi ser mãe tão cedo?
Eu sempre quis ser mãe cedo. Não foi tão difícil, porque tenho um núcleo familiar forte e bem estruturado.

O seu filho, o João, de 15 anos, é a coisa mais importante da sua vida?
O João é a minha vida!

Olhando para trás, mudava alguma coisa?
Se mudasse o meu passado, mudaria a pessoa que sou hoje. Por isso, não mudava nada.

E o João ainda vive consigo? Como é a vossa relação?
Vive comigo. Somos companheiros para a vida, nunca esquecendo o papel de cada um.

Que tipo de mãe se considera?
Juntas uma mãe galinha com uma mãe militarista e tens a mãe Joana.

O pai do João é uma pessoa presente na sua vida?
É presente na nossa vida.

E como está o seu coração? Apaixonada?
Posso responder "tem dias..."? Sou workaholic, nem sempre é fácil lidar com esse meu lado.

Voltar a ser mãe é uma hipótese que equaciona?
Quero, mais do que nunca, ter uma menina!

E casar, faz parte dos planos?
Sim, se tiver ao meu lado o companheiro para a vida.

Quem a vê todos os dias, com um sorriso no rosto, no "Você Na TV", cria, facilmente, empatia consigo e depreende que é uma pessoa divertida e de bem com a vida. Na vida real, também é assim?
Sim, sou bem disposta, por natureza. Não tenho dias maus, tenho momentos bons e menos bons. Gosto de levar a vida desta forma.

O que podemos saber mais sobre a Joana que só os mais próximos conhecem?
Tenho um humor muito especial, só quem priva comigo consegue perceber quando estou a brincar.

Qual o maior elogio que lhe podem fazer?
Que fiz bem algo a que me propus.

Se tivesse de enumerar cinco coisas que ninguém sabe sobre si, o que diria?
1- Não consigo adormecer com as orelhas destapadas;
2- Sou viciada em limpezas;
3- Os perfumes são a minha loucura;
4- Adoro ir, sozinha, ao cinema;
5- Apesar de acordar, há anos, com as galinhas, sou uma pessoa notívaga.

As pessoas abordam-na muito na rua e/ou nas redes sociais?
Abordam muito e eu amo o carinho que me dão.

Já recebeu algum comentário mais maroto ou maldoso? Já teve de bloquear alguém ou viveu uma situação mais complicada?
Claro que sim. Quem tem exposição nas redes sujeita-se a esse género de comentários. Já apaguei e bloqueei, não admito faltas de respeito.

Nas redes sociais, costumamos vê-la a treinar com frequência. Que tipo de exercício físico costuma fazer?
Sou federada no Shorinji Kempo (arte marcial japonesa) e ia ao ginásio, antes da pandemia. Agora, tenho treinado na rua, com o meu mental coach.

E que cuidados tem com a sua alimentação?
Iniciei, em março, um plano de hábitos alimentares saudáveis/reprogramação. Hoje em dia, como de três em três horas. Uso e abuso dos vegetais e leguminosas, evito hidratos e açúcares.

Qual a rotina diária de beleza?
Depende do tempo. Às vezes, chego tarde a casa e só me desmaquilho e ponho um creme. Quando tenho tempo, faço máscaras e uso tudo a que tenho direito para tratar da pele.

Já fez ou pensou fazer algum procedimento estético? O que melhorava?
A nível estético, não fiz nada. Não coloco de lado a hipótese de fazê-lo. Temos de nos sentir bem, acima de tudo.

Por último, não posso deixar de lhe perguntar, também, como vê o regresso de Cristina Ferreira à TVI.
Ainda não estive com a Cristina, mas saber que está ali, já me basta. Volto a dizê-lo: amo a Cristina e o Manel, sem fim.