urlvisit

Emocionado, Luís Borges recorda morte de Eduardo Beauté: "Eu fiquei num buraco"

Luís Borges na SELFIE
Filho de Luís Borges festeja seis anos de vida e declara-se ao pai: "Ele é o amor da minha vida"
Luís Borges surge em vídeo divertido com novo namorado: "Amor azul!"
Luís Borges comenta desistência de Sónia do "Big Brother"
Luís Borges rendido a Daniel Guerreiro do "Big Brother"

Luís Borges deu uma entrevista, na qual falou sobre o fim do casamento com Eduardo Beauté e a morte do cabeleireiro.

Recordando a história de amor que viveu ao lado de Eduardo Beauté, Luís Borges confessou a Júlia Pinheiro: "Foi um casamento feliz."

Segundo o modelo, os problemas começaram após a adoção do primeiro filho do casal, Eduardo, portador de Trissomia 21, quando o cabeleireiro teve de cuidar da criança, sozinho, enquanto Luís Borges estava em ascensão na carreira internacional, o que o obrigava a viajar muito. Além disso, o modelo não concordava com a necessidade de exposição pública do cabeleireiro. "O Eduardo gostava disso, tínhamos que fazer sempre uma produção", revelou Luís Borges.

Após Eduardo Beauté pressionar para que adotassem o terceiro filho, Luís Borges interrompeu a carreira internacional e assumiu, pela primeira vez, a Júlia Pinheiro que, na altura, não queria mais filhos: "Hoje, dou graças a Deus pelo Eduardo [Beauté] me ter pressionado para ficarmos com o Eduardo [o filho mais novo]."

O modelo e o cabeleireiro foram casados durante cinco anos - período em que adotaram Bernardo, de dez anos, Lurdes, de oito, e Eduardo, de cinco - e separaram-se em 2016. Na altura, as crianças ficaram com o cabeleireiro.

Após a separação do casal e a sofrer de depressão, Eduardo Beauté terá publicado desabafos, nas redes sociais, e dado entrevistas com declarações que, segundo o modelo, não correspondiam à verdade. "O Eduardo expôs coisas que não eram verdade e eu fiquei calado, porque pensava nos meus filhos. Estava a atingir-me da pior forma. Magoou-me muito quando a imprensa começa a escrever… as ofensas na Internet e as mensagens anónimas que recebi...", confessou Luís Borges, que garante: "Eu não abandonei ninguém. O amor acabou. Se eu não sentia amor por essa pessoa, não ia estar com ela por pena. Nunca iria ficar com o Eduardo por pena. Nunca abandonei os meus filhos, nem nunca abandonei o Eduardo. Estava lá para ele, mas não da forma como ele queria."

O modelo recordou, ainda, a forma como recebeu a notícia de que o ex-marido estaria a passar mal, quando estava com a amiga Ana Sofia Martins, no casamento da atriz Matilde Breyner, contando que foi, imediatamente, a casa do cabeleireiro. "Ele estava tapado e eu disse que o queria ver. Vi que não havia nada a fazer. Eu tinha de perceber que aquilo era real. Percebi, realmente, que o mundo tinha desabado", confessou Luís Borges, que fez questão de explicar que Eduardo Beauté morreu de uma embolia cerebral e não de suicídio.

Depois, emocionado, recordou o primeiro pensamento que teve: "Como é que eu vou contar aos meus três filhos que eles não ver vão mais o pai? Essa era a minha preocupação. A Lu era a menina do papá. Como é que ela não vai mais brincar com o pai?"

"Tiraram-me o tapete, tiraram-me tudo. Eu fiquei num buraco. Por mais pessoas que tivesse à minha volta, acho que ninguém percebeu a dor que senti", admitiu Luís Borges, que garantiu que, à data da morte do cabeleireiro, os dois mantinham uma boa relação de amizade: "Porquê o Eduardo?! Por mais que ele me tentasse atingir... nós estávamos super bem, nós éramos super amigos. Ele era uma boa pessoa e não merecia."

Recorde-se que Eduardo Beauté morreu, em setembro do ano passado, aos 52 anos.