Big Brother

Marta Cardoso: "Não dependo da televisão para pagar contas"

A antiga comentadora do "Big Brother" Marta Cardoso marcou presença no programa "Dois às 10" e falou sobre a vida profissional, para além da televisão.

A emissão da passada terça-feira, dia 23, do programa "Dois às 10" contou com a presença de Marta Cardoso. Numa conversa descontraída com Cláudio Ramos e Maria Botelho Moniz, a antiga comentadora do "Big Brother" explicou por que motivo não quis fazer parte da edição mais recente do reality show da TVI.

"Quando soube que o 'Big Brother' ia voltar, 20 anos depois da primeira edição, achei que fazia todo o sentido fazer parte deste regresso. [...] Mas só estava a contar com uma edição", começou por declarar Marta Cardoso.

Após o "Big Brother 2020", que contava com a apresentação de Cláudio Ramos, chegou o "Big Brother - A Revolução", com Teresa Guilherme a ser o principal rosto do reality show da TVI.

"Achei que, ainda assim, fazia sentido. [...] A partir daí, já tinha decidido que estava bom em relação a reality shows. [...] Já tinha feito um bocadinho de tudo. Já tinha decidido que, ao fim de 20 anos, ia fazer uma pausa", afirmou Marta Cardoso, que, ao longo destas duas décadas, se desdobrou em várias funções: concorrente, comentadora, repórter, apresentadora, produtora de conteúdos e editora.

Afastada do pequeno ecrã, Marta Cardoso dedica-se, agora, à remodelação de interiores, estando, até, a pensar fazer uma licenciatura em Arquitetura. "É uma área que descobri um bocadinho sem querer e porque precisava de uma segurança financeira que a televisão não nos traz. Hoje, podemos estar a trabalhar e, amanhã, não estamos. Tinha uns dinheirinhos. Ganhei [o reality show] 'Circo das Celebridades', em 2006, e guardei aquele dinheiro", começou por recordar.

"Decidi comprar uma casa, paguei-a e, depois, vendi-a. Quando vendi essa casa, com o dinheiro dela, consegui comprar duas. E foi assim que, devagarinho, o negócio foi crescendo. Comprava, remodelava, decorava e revendia. E fui tendo, a partir daí, uma segurança financeira que me permitiu pagar as minhas contas. Não dependo da televisão para pagar as contas. Hoje, já posso dar-me ao luxo de fazer televisão, se me convidarem, obviamente, mas tem de ser uma coisa que me faça sentido", afirmou.

Veja, agora, os vídeos da entrevista de Marta Cardoso, no programa "Dois às 10".

Relacionados