urlvisit

Em lágrimas, Rui Andrade fala da morte da irmã: "Sinto-a aqui"

Rui Andrade: o amor à irmã e a dor da perda
Rui Andrade: «É o legado da minha irmã»
Rui Andrade chora com surpresa dos sobrinhos
Rui Andrade dedica canção à irmã
Rui Andrade na Selfie

O cantor Rui Andrade perdeu a irmã, Teresa, há um mês, vítima de um cancro, e emocionou-se ao recordar a relação próxima que mantinham.

Rui Andrade foi um dos convidados do programa "Dois às 10", desta sexta-feira, dia 19, e falou sobre a forma como está a lidar com a morte da irmã, Teresa, vítima de um cancro. 

O cantor não conseguiu conter as lágrimas, ao falar sobre evolução da doença nos últimos dois anos de vida da irmã. "A relação com a minha irmã era a mais próxima possível, não diria alma gémeas, porque temos as nossas diferenças. Mas eu pedia a opinião dela para tudo, vivia os problemas dela e ela os meus. Fui a primeira pessoa da família a saber da doença. Ela ligou-me, a chorar. Sempre fui um pilar para a minha família e não podia exteriorizar o que estava a sentir, porque já bastava ela estar tão mal e em baixo, que tentei, por tudo, mostrar que não era o fim, mas, depois de desligar a chamada, deixei-me ir a baixo", explicou o cantor, que perdeu a irmã no passado dia 23 de janeiro.

"Rapidamente, me conformei com a morte da minha irmã, talvez por conhecer o diagnóstico. [...] Sou muito racional. Uma parte de mim acreditou até ao fim que ela ia sobreviver a esta doença, pela força que tinha, pela maneira como foi reagindo aos tratamentos, mas a minha parte racional estava preparada para que ela não sobrevivesse. Não é nada fácil. A meu ver, não é justo, a vida não é justa, senão não me tinha levado a minha irmã", afirmou Rui Andrade, num vídeo que foi transmitido antes de iniciar a entrevista, em estúdio, com Cláudio Ramos e Maria Botelho Moniz.

"Sinto-a aqui. Tenho momentos do meu dia em que falo com ela. Quando sinto mais falta, preciso de ver uma fotografia. Não se explica", assumiu o cantor, de 36 anos, antes de revelar que não teve tempo para fazer o luto logo depois da morte da irmã.

"Dois dias depois, testei positivo à Covid-19 e a minha família toda, também. A minha mãe esteve internada. A preocupação não me deixou sentir as saudades da minha irmã. Agora que estamos todos negativos, cada dia se torna mais difícil", confessou Rui Andrade, de lágrimas nos olhos.

O jurado do programa "All Together Now" recebeu, ainda, uma mensagem carinhosa dos sobrinhos, Simão, de 15 anos, e Nuno, de 23: "São meus filhos. Vivi a minha vida toda para eles. São o legado da minha irmã."

Veja, agora, os vídeos da conversa de Rui Andrade com Cláudio Ramos e Maria Botelho Moniz.