urlvisit

Dia da Voz: desabafo de Tânia Ribas de Oliveira deixa fãs pensativos

Tânia Ribas de Oliveira na SELFIE
Tânia Ribas de Oliveira celebra aniversário do irmão
Tânia Ribas de Oliveira: "Cada um tem os seus rituais antes de dormir"
Filhos de Tânia Ribas de Oliveira na SELFIE
Tânia Ribas de Oliveira mostra férias em família: "Perfeito!"

Tânia Ribas de Oliveira recorreu às redes sociais para deixar um desabafo especial que assinala o Dia Mundial da Voz.

"Temos sempre a certeza absoluta daquilo que menos gostamos em nós e, raramente, valorizamos o que temos de bom. Ou melhor: raramente dizemos 'gosto mesmo disto em mim!'. Quando faço esse exercício, sei que gosto da minha voz. Não sei se do timbre, se do facto de ser uma voz grave, se da emoção que ela absorve imediatamente nas palavras que mais sinto. Mas gosto da minha voz e do facto de ela ser um veículo poderoso de palavras que chegam a milhões de pessoas, todos os dias", começou por escrever Tânia Ribas de Oliveira, na página de Instagram.

"Se pensar na RTP 1, Internacional, África, RTP play, YouTube, redes sociais... sim, são milhões de pessoas em todo o mundo. E são muitas menos aquelas a quem escolho falar ao coração e ao ouvido: a minha família e amigos. A nossa voz é única. É uma impressão digital absoluta. Usemos a nossa voz para verbalizar aquilo em que acreditamos, o que sentimos, para passar a palavra do amor e da justiça, para fazer valer os nossos pontos de vista... e os nossos silêncios", continuou.

"Sim, porque a voz silenciada dá espaço ao crescimento - quando ouvimos, aprendemos e ponderamos. Não falar, muitas vezes, é um exercício incrível do uso da voz. É uma opção igualmente válida. E há silêncios que têm muitas palavras dentro. É fascinante, essa descoberta! Nem sempre a voz que se ouve é a mais importante. A voz que se sente é o lugar bonito onde vive a verdade. Essa é a voz que mais gosto de ouvir", concluiu.

As palavras da apresentadora foram recebidas com muito entusiasmo pelos fãs, que, prontamente, elogiaram o discurso e o classificaram de inspirador: "Nunca tinha pensado nisso" e "admiro-te" foram alguns dos comentários à publicação.