urlvisit

Cláudio Ramos confessa a Maria Botelho Moniz: "Este ano, não estou a ser bom pai"

Cláudio Ramos: «Não quero que ela se desiluda comigo»
Cláudio Ramos faz homenagem à filha: «Não imagina o amor que lhe tenho»

Numa emissão especial dedicada ao Dia do Pai, Maria Botelho Moniz e Cláudio Ramos fizeram algumas partilhas especiais.

Após Maria Botelho Moniz ter ficado em lágrimas, ao fazer uma homenagem ao pai, que morreu em 2018, Cláudio Ramos falou, na primeira pessoa, sobre o papel de pai.

"Os filhos só saberão o amor de serem filhos quando, um dia, forem pais. [...] Obrigado, Leonor. Sou um pai feliz", afirmou o apresentador, antes de ser emitido um conjunto de imagens únicas da filha, que recordaram a infância de Leonor até ao presente.

Depois, Cláudio Ramos foi surpreendido, em direto, ao perceber que seria ele o convidado surpresa do programa e ia ser entrevistado por Maria Botelho Moniz.

apresentador, de 47 anos, confessou que o que mais quer é que a filha não se desiluda com ele, antes de lamentar os tempos de pandemia que o impedem de estar com Leonor, de 16 anos.

"Só estivemos juntos um dia este ano", lamentou, assumindo, ainda: "Estou a trabalhar muito, estou muito feliz no trabalho, mas isso obriga a uma série de coisas.[...] Ela sabe que este é um sonho que estou a viver, mas, este ano, não estou a ser bom pai, porque não estive sempre quando foi preciso estar."

Focado no trabalho, Cláudio Ramos frisou: "Se a minha filha me dissesse: 'Pai, deixa de trabalhar em televisão, porque preciso que estejas aqui'... eu não pensava duas vezes. E a televisão é das coisas que mais quero."