TVI

Em momento comovente, Cifrão revela "grande ensinamento" de Angélico Vieira

Numa entrevista exclusiva, concedida ao canal TVI Ficção, os D'Zrt recordaram o falecimento inesperado de um dos membros, Angélico Vieira.

Numa entrevista especial, emitida pela TVI Ficção, os D'Zrt recordaram o percurso de quase dez anos, com destaque para o falecimento repentino de um dos membros, Angélico Vieira, que morreu, em junho de 2011, na sequência de um acidente de viação.

Além de terem assegurado que este falecimento ditou o fim da banda, os membros dos D'Zrt consideram que, com a morte de Angélico Vieira, ficou por fazer uma fulgurante carreira internacional.

Por exemplo, Paulo Vintém não tem dúvidas que, se Angélico Vieira estivesse vivo, "estaria muito longe" na carreira e teriam feito "muita coisa juntos" e "em separado".

Cifrão acrescenta que, em 2011, o artista estava a "preparar muita coisa fora do país", principalmente "uma carreira internacional".

Cifrão recordou ainda um "grande ensinamento" do colega e amigo: "Aproveitar todos os momentos." "Ele viveu uma vida de 80 anos, num curto espaço de tempo", completou Cifrão.

Veja, agora, na íntegra, a entrevista exclusiva dos D'Zrt.

Relacionados