Nacional

Meia-irmã de Georgina Rodríguez acusa: "Nem me pagou o bilhete para me despedir do meu pai"

Patricia Rodríguez, meia-irmã de Georgina Rodríguez, teceu algumas críticas à namorada de Cristiano Ronaldo.

"O nosso pai tinha uma vida dupla, estava com a minha mãe e com a mãe da Georgina ao mesmo tempo. A minha mãe sabia e consentia", começou por descrever Patricia Rodríguez, meia-irmã de Georgina Rodríguez, no programa "Sábado Deluxe", da Telecinco.

Depois, Patricia descreveu que, na infância, tinha uma relação próxima com Georgina Rodríguez e que a mãe da namorada de Cristiano Ronaldo até a acolheu quando ficou órfã de mãe. "Quando o meu pai foi para a prisão e a minha mãe morreu foi a mãe de Georgina quem tomou conta de mim durante um tempo", revelou, antes de acusar: "Mas, de seguida, meteu-me num reformatório em Jaca."

Na altura, Patricia tinha 14 anos e Georgina sete, e, desde então, a relação das meias-irmãs mudou e não se falam há três anos.

"A Georgina ligou-me quando o nosso pai morreu na Argentina, mas ela nem me pagou o bilhete de avião para que eu me pudesse despedir dele, sabendo que eu não tinha dinheiro", acusou Patricia Rodríguez, que acrescentou: "Fico feliz que a minha irmã se tenha saído bem, mas gostaria que ela me levasse em conta e não se esquecesse que existo. Disse-me, por exemplo, que me ia ajudar com os livros escolares do meus filhos e ainda estou à espera."

Relacionados