urlvisit

António Raminhos sobre Cristiano Ronaldo: "Não é preciso fazer dele o melhor do mundo a apanhar Covid"

António Raminhos na SELFIE
Covid-19: infeção de Cristiano Ronaldo faz correr tinta por todo o mundo
Covid-19: "Cristiano Ronaldo testou positivo duas vezes e aguarda um terceiro resultado"
Ronaldo não vai continuar em isolamento na Cidade do Futebol
Cristiano Ronaldo na Selfie

A cobertura mediática sobre o estado de saúde de Cristiano Ronaldo, que testou positivo para a Covid-19, levou António Raminhos a comentar o assunto. Uma publicação que foi aplaudida pelos fãs.

Com o sentido de humor que lhe é característico, António Raminhos escreveu um texto sobre as últimas notícias de Cristiano Ronaldo. O humorista refletiu sobre a atenção especial dada ao caso CR7, lembrando tantos outros casos que não têm tido a mesma atenção, nomeadamente, o do jogador do clube israelita Hapoel Be’er Sheva FC Josué Pesqueira.

"Com todo o respeito pelo Cristiano, a quem desejo as melhoras, como desejo a qualquer pessoa que passe pelo mesmo, mas quem aterre neste planeta, agora, e veja a cobertura mediática do caso, parece que o Cristiano ficou sem uma perna num treino, que matou à bujarda de bola todos os colegas da Seleção Nacional, ou que ele próprio descobriu a cura para a pandemia", começou por escrever.

"Nem sei como é que não foram ver se o Messi não está infetado!", brincou, acrescentando: "O homem é um ícone e o melhor do mundo, mas não é preciso fazer dele o melhor do mundo a apanhar Covid, ninguém apanha como ele, com diretos a ver se ele já tossiu!"

"Deixem-no sossegado. As melhoras para ele e para o meu grande amigo Josué Pesqueira que também está sozinho em casa, com Covid, e para quem está a recuperar disto", concluiu.

Nos comentários à publicação, muitos foram os que elogiaram as palavras do comediante.

Recorde-se que o capitão da equipa portuguesa testou positivo para o novo coronavírus e não vai defrontar a Suécia, no jogo de quarta-feira, para a Liga das Nações, mas continua a manifestar o apoio aos colegas.