urlvisit

"Falhámos todos": Rita Ferro Rodrigues deixa proposta sobre confinamento

Rita Ferro Rodrigues na SELFIE
Filho de Rita Ferro Rodrigues declara-se à irmã: "És tão bonita"
Rita Ferro Rodrigues: "Todos nós já falhámos em algum momento"
Cristina Ferreira partilha vídeo emotivo com marido de Rita Ferro Rodrigues: "Estás a chorar?"
Rita Ferro Rodrigues com o marido, Ruben Vieira

Rita Ferro Rodrigues recorreu às redes sociais para falar sobre as novas medidas de confinamento, deixando uma mensagem aos seguidores.

Depois de ter lido alguns comentários sobre as novas medidas de combate à propagação da Covid-19, a apresentadora sublinhou a importância do confinamento, numa fase em que batemos recordes de infetados e mortos: "Falhámos todos. Uns mais do que outros, mas todos. A pandemia só se controla com maturidade e responsabilidade individual de comportamentos e, enquanto isto não for compreendido com seriedade, nada se vai alterar."

"Ou somos todos crianças e precisamos de um pai autoritário e prepotente que nos obrigue a comportar bem à força?!", questionou Rita Ferro Rodrigues.

"Não julgo os outros. Tento ter uma conduta responsável, mas já falhei, em algum momento - como toda a gente . Até porque estamos emocionalmente exaustos! Uma distância de segurança que, por distração, não cumpri, um abraço que não devia ter dado, mas a saudade era tanta que esqueci, por momentos, o risco. Quem nunca? Que é que pode atirar pedras ao vizinho do lado? Por isso, a minha proposta é fazermos um esforço - se for bem feito, pode ser o último - para contrariarmos, juntos, estes números assustadores. Cumprirmos o que for preciso - e o que conseguirmos, porque, já se sabe, não estamos todos nas mesmas condições, infelizmente", acrescentou.

"Lembram-se de que os mortos contavam-se pelos dedos das mãos e nós estávamos nas varandas a homenagear o Serviço Nacional de Saúde? Agora, em muitos dias, são mais de 100 vítimas mortais... e parece que nos esquecemos de quem está na linha da frente... Vamos a isto, com coragem ? Aquela última volta da maratona, antes de vencermos a corrida. A vacinação está a correr a bom ritmo, se fizermos a nossa parte, a coisa dá-se! Determinação, coragem e foco. Nós conseguimos fazer isto!", concluiu.