Nacional

Chef Michel da Costa morre aos 77 anos

O chef Michel da Costa, distinguido pelo Guia Michelin na década de 1970, morreu esta sexta-feira, dia 18, aos 77 anos, anunciou o grupo de restauração Olivier.

com Lusa

Michel da Costa "celebrizou-se em Portugal perante várias gerações com os seus programas televisivos na RTP no final da década de 1970 e nos anos 80, bem como na SIC, nos anos 90", refere o comunicado do grupo, gerido pelo também chef e empresário Olivier da Costa (filho de Michel da Costa).

Nascido em Marrocos, quando este território era um protetorado francês, e naturalizado português, o chefe de cozinha, com formação em França, foi responsável pela mesa de 5.040 metros que em 1998 inscreveu a inauguração da Ponte Vasco da Gama no Livro de Recordes do Guinness, com uma feijoada que serviu mais de 15 mil pessoas.

O grupo de restauração lembra que Michel da Costa foi também "responsável pelo banquete de entrada de Portugal na União Europeia (então CEE)" e "representou o país em várias ocasiões em cidades como Viena, Nova Iorque, Rio de Janeiro, Maastricht e Sidney".

Criado no início do século XX para ajudar os viajantes nas suas deslocações, o Guia Michelin é hoje considerado uma referência mundial na qualificação de restaurantes. Portugal entrou no roteiro em 1910, mas as primeiras estrelas só chegariam em 1974.

No Instagram, Olivier da Costa partilhou vários registos do álbum de família e lamentou a morte do pai: "Foste hoje e foi melhor assim. Fica a memória dos teus dias de glória e de família e é como eu gosto de me lembrar de ti. Podíamos ter sido muito fortes juntos, mas o destino decidiu irmos cada um para seu lado. Ficas na minha memória como o melhor chefe de sempre em Portugal, um mentor e um professor. Je t’aime, papa [amo-te, papá] RIP."

Veja, agora, na galeria, as imagens partilhadas por Olivier da Costa.

Relacionados