urlvisit

Joana d'Albuquerque indignada: "Multe-me, apanhe-me"

Joana d'Albuquerque: "Estas regras estão a fazer-me ficar maluca!"
André Filipe arrasa Joana d'Albuquerque: "Estás cancelada!"
Joana d'Albuquerque faz desabafo: "Isto deixa-me um bocado triste"
As melhores imagens de Joana d'Albuquerque, do "Big Brother", na SELFIE
"Big Brother": conheça a concorrente Joana d'Albuquerque

Joana d'Albuquerque usou as redes sociais para manifestar a indignação, após ter sido abordada por um agente da autoridade.

A vencedora do "Big Brother - Duplo Impacto" foi abordada por um agente da PSP, quando estava no carro estacionado, a comer, sozinha, algo que tinha adquirido numa cadeia de fast food, após ter assistido um concerto em Lisboa.

Em causa estaria o facto de comentadora do reality show "O Amor Acontece" estar a violar o recolher obrigatório, que se inicia a partir das 23:00 horas, de acordo com as regras em vigor devido à pandemia Covid-19.

"Quero saber quem é o responsável da PSP aqui do Restelo que, com tanto bandido que mora aqui, está preocupado com o pessoal que vai buscar Mac [McDonald's] e que está a comer no carro", começou por afirmar a ex-namorada de Bruno Savate.

"'Multe-me, apanhe-me', foi o que eu respondi... e não apanharam. Com tanto bandido que anda por aí, vocês estão preocupados com uma pessoa que está tranquila, a comer no carro? Sozinha? Menos, a sério", acrescentou, ainda, indignada, Joana d’Albuquerque, acrescentando: "E o pior foi que eu apontei e disse: 'Olhe, tanta gente no estacionamento, sem máscara'. E disseram-me que são Ubers, que estão a trabalhar. Podem estar 20 pessoas, sem máscara, na rua, mas o problema sou eu que estou a comer, no carro, com as janelas fechadas? E ainda me diz que o problema da Covid-19 está em pessoas como eu. Estas regras estão a fazer-me ficar maluca!"

Veja, agora, o vídeo partilhado por Joana d'Albuquerque.