urlvisit

Isabel Figueira: "O meu pai chegou e viu-me estendida na cozinha"

Isabel Figueira na Selfie
Em quarentena, Isabel Figueira mostra como mantém a forma física: veja o vídeo
Isabel Figueira vive dias inesquecíveis em Cabo Verde
Isabel Figueira de férias em Cabo Verde

A apresentadora e atriz Isabel Figueira teve uma conversa emotiva com Maria Cerqueira Gomes, no programa "Conta-me", e falou sobre um dos períodos mais difíceis que já viveu.

Na emissão deste sábado, dia 11, do programa "Conta-me", Isabel Figueira, de 40 anos, falou sobre a vida pessoal e profissional, numa conversa com Maria Cerqueira Gomes.

Um dos temas abordados foi a saúde mental. Visivelmente emocionada, a atriz contou que, há oito anos, sofreu um burnout, ou seja, um esgotamento: "Tive um burnout há oito anos. Automedicava-me para dormir e houve um dia em que o corpo deu de si."

A própria Isabel Figueira admitiu que essa foi uma fase na qual se foi "completamente abaixo": "Depois do meu divórcio, passei por uma serie de situações muito duras, situações que nunca esperei passar na vida. Tive situações que me magoaram muito. Fizeram-me coisas inacreditáveis e não estava preparada para isso. Muitas das coisas guardava para mim e houve um dia em que rebentei."

"Quando estava a tomar comprimidos, para dormir, senti-me mal e liguei para o meu pai. Quando o meu pai chegou, eu estava estendida na minha cozinha", recordou a, também, apresentadora. Após este episódio, Isabel Figueira decidiu encontrar uma solução na psicoterapia, para se fortalecer a nível mental.