Nacional

Ivo Lucas: "Há alturas em que, se calhar, a solução mais fácil seria desistir"

O ator Ivo Lucas abriu o coração, numa entrevista emotiva, concedida a Daniel Oliveira, e deixou um desabafo sobre como encara alguns dias mais "difíceis".

Ivo Lucas concedeu a Daniel Oliveira a primeira grande entrevista, após o acidente de viação que vitimou Sara Carreira, a 5 de dezembro de 2020. Recorde-se que, na altura, o ator e cantor, de 31 anos, era namorado da filha de Tony Carreira, sendo, também o condutor do veículo, que capotou muitas vezes e ficou totalmente destruído.

No decorrer da entrevista, Ivo Lucas confessou que, hoje em dia, sente-se "uma pessoa diferente". "Sou um sortudo, pelos amigos que tenho. Sou um sortudo, pela família que tenho. Nunca estive desamparado, nunca estive sozinho. mesmo nos momentos mais negros, mais difíceis, naqueles momentos em que pões em causa tudo isto, ninguém me deixou cair", começou por afirmar.

"Mas acabei por descobrir um lado meu que não conhecia. Sempre disse que era uma pessoa que não gostava de estar sozinha. Nunca gostei de estar sozinho, do silêncio da casa, mas fui obrigado a lidar com isso, a saber viver com isso, tendo, em alguns momentos, tanta gente à minha volta, mas parecendo que ninguém me ouvia. E o problema não é deles. A culpa não é deles. Tu é que estás noutro sítio", acrescentou.

O vencedor da terceira temporada de "A Máscara" garantiu que, agora, reconhece que estar sozinho também é saudável: "Aprendi a estar sozinho, a valorizar o silêncio, a conseguir tirar o proveito de ver um pôr do sol, sozinho, ou de ver o nascer do sol, sozinho. Consegui descobrir que também é saudável estar sozinho. E, quando digo estar sozinho, é estares contigo mesmo, é saberes quem tu realmente és."

Entretanto, Daniel Oliveira perguntou a Ivo Lucas se há momentos em que seria mais fácil desistir. Emocionado, o ator respondeu afirmativamente: "Sim, claro. Há momentos em que nós fazemos muito a pergunta: 'O que é isto? A vida é isto? A sério?' E sentes-te tão perdido [...]. Há dias em que é muito difícil […]. Há alturas em que, se calhar, a solução mais fácil seria desistir... mas não vai acontecer, não vai acontecer nunca."

Caso esteja a sofrer de algum problema psicológico, tenha pensamentos autodestrutivos, ou sinta necessidade de desabafar, deverá recorrer a um psiquiatra, psicólogo ou clínico geral, podendo, ainda, contactar uma das seguintes entidades:

- Conversa Amiga (entre as 15h e as 22h) - 808 237 327 (número gratuito) e 210 027 159

- SOS Voz Amiga (entre as 16h e as 24h) - 213 544 545

- Telefone da Amizade (entre as 16h e as 23h) – 228 323 535

- Telefone da Esperança (entre as 20h e as 23h) - 222 030 707

- SOS Estudante (entre as 20h e a 1h) - 239 484 020

Relacionados