Conta-me

Ruben Rua confessa sentir preconceito: "Aprendi a ter de me sacrificar muito"

O apresentador Ruben Rua teve uma conversa emotiva com Maria Cerqueira Gomes, no programa "Conta-me", e confessou que continua a sentir muito preconceito.

Na emissão deste sábado, dia 23, do programa "Conta-me", Ruben Rua, de 34 anos, falou sobre a vida pessoal e profissional, numa conversa com Maria Cerqueira Gomes.

Logo no começo da entrevista, Ruben Rua confessou que sempre sentiu preconceito, ao longo da vida: "Sempre senti muito preconceito. Continuo a sentir muito preconceito. Por exemplo, acho que há muita gente que não sabe [que Ruben Rua tirou um curso superior em Ciências da Comunicação]. Acho que há muita gente que sabe e finge não saber. Acho que há muita gente que não procura saber, porque é mais fácil assumir que não tenho um curso ou é mais fácil não valorizar esse meu lado."

"Durante toda a minha vida, habituei-me a ter de mostrar mais o meu valor do que os outros. As coisas chegavam sempre. Mas chegavam sempre tarde. Sempre aprendi a ter de me sacrificar muito por elas, a ter de demonstrar que merecia alguma coisa, na minha vida", acrescentou o apresentador.

Ruben Rua partilhou ainda uma curiosidade que poucos conhecem: o comunicador sofre de gaguez. "A gaguez apareceu-me aos 12 anos. [...] Não sei se é normal aparecer tão tarde. As origens podem ser muitas. Um trauma... No meu caso, associo àquele momento de mudança [em que o apresentador mudou de escola, na infância]", afirmou.

Veja, agora, na íntegra, a entrevista de Ruben Rua, no programa "Conta-me".

Relacionados