TVI

D'Zrt fazem revelações inéditas: "Era impossível continuar sem o Angélico"

Numa entrevista exclusiva, concedida ao canal TVI Ficção, os D'Zrt recordaram o falecimento inesperado de um dos membros, Angélico Vieira.

Numa entrevista especial, emitida pela TVI Ficção, os D'Zrt recordaram o percurso de quase dez anos, com destaque para o falecimento repentino de um dos membros, Angélico Vieira, que morreu, em junho de 2011, na sequência de um acidente de viação.

"Sabíamos que ele tinha tido um acidente, sabíamos que ele estava a ir para o hospital, mas nenhum de nós soube a gravidade", começou por recordar Cifrão. Assim que soube de tudo, cada um dos membros da banda fez questão de prestar o apoio necessário a Filomena, mãe de Angélico Vieira: "Tínhamos perdido um irmão, mas havia alguém que tinha acabado de perder um filho e é impossível nós equipararmos alguma coisa a isso."

Embora já tivessem anunciado a separação da banda no ano anterior, o falecimento de Angélico Vieira ditou o fim dos D'Zrt. "Sentimos mesmo que, naquele momento, os D'Zrt tinham acabado, porque os D'Zrt não éramos nós, individualmente. Cada um de nós tinha o peso repartido na banda e era impossível nós continuarmos qualquer tipo de coisa enquanto D'Zrt a partir daquele momento. [...] Para nós, deixou mesmo de fazer sentido continuarmos com o projeto, porque ele [Angélico] era uma das peças-chave", afirmou Paulo Vintém.

Veja, agora, na íntegra, a entrevista dos D'Zrt.

Relacionados