Entrevistas

Luís Borges fala sobre mãe biológica: "Abandonou-me numa pensão porque quis ir consumir droga"

Numa conversa reveladora com Júlia Pinheiro, Luís Borges falou sobre a adoção e o abandono da mãe biológica.

"Ela abandonou-me numa pensão, porque quis ir consumir droga. Foi apanhada pela polícia e teve a oportunidade de me levar para Cabo Verde ou de me deixar em Portugal - a mim e ao meu meio-irmão, que é o Ricardo - e ela disse que, simplesmente, não queria saber. Então, fomos os dois para a Santa Casa da Misericórdia", revelou o manequim, no excerto de uma entrevista à apresentadora da SIC, publicado na página de Instagram.

"Soube, com sete anos, que tinha sido adotado, e isso para uma criança, de sete anos... tentar perceber o que é que aconteceu... mas sou adotado, porquê? E, aí, fiquei com a sensação de que os meus pais adotivos não me queriam", confessou Luís Borges.

Na legenda do vídeo, no qual faz revelações sobre a infância, o manequim escreveu: "A minha história, muitas emoções, as minhas perdas, mas, também, as minhas conquistas, o amor, a família, a vontade de fazer mais e melhor. [...] Obrigado, querida Júlia Pinheiro, pelo convite e pela oportunidade de mostrar que a vida é feita de desafios que nos colocam à prova para seguirmos mais fortes! Nunca desistam de procurar a felicidade."

Recorde-se que Luís Borges é pai de três crianças: Lurdes, Bernardo e Eduardo, adotadas pelo manequim e Eduardo Beauté.

Assista ao excerto da entrevista, abaixo.

Relacionados