urlvisit

Pedro Crispim sobre "Big Brother": "O Hélder vive como a Soraia, num mundo à parte"

Pedro Crispim: «O jogo da Iury era mais divertido com ela sozinha»
Pedro Crispim: «Os portugueses já estão saturados do Hélder»
Pedro Crispim: «O Hélder chega a ser agressivo»
Pedro Crispim quer «adotar» Sandrina

Em conversa com a repórter digital da TVI Marta Neves, Pedro Crispim comentou os últimos acontecimentos na casa mais vigiada do país.

O programa "Big Brother" ficou marcado por mais um concorrente salvo da expulsão: Soraia. Ainda assim, outros tantos concorrentes correm o risco de sair e Pedro Crispim deu o seu parecer sobre estes acontecimentos.

"Já era um bocadinho previsível que isso acontecesse, porque as pessoas, cá fora, têm uma simpatia enorme pela Soraia, que e uma pessoa mais neutra. E as pessoas gostam do romance. [...] Agora, como jogadores, no painel de nomeados, temos jogadores mais fortes do que a Soraia", disse, enaltecendo a genuidade e bondade da concorrente.

Quando questionado sobre a reação daqueles que não foram salvos, Pedro Crispim destacou: "O Hélder mostrou ali alguma deceção, porque acho que a cabeça do Hélder acredita, piamente, que, cá fora, ele tem mais simpatias do que aquela que me parece que ele tenha."

"Acho que o Hélder vive como a Soraia, num mundo à parte, um mundo cor de rosa", acrescentou.

"Estamos a falar de um concorrente que se acha mais do que aquilo que é e que acha que tem mais votos positivos cá fora do que aqueles que, na realidade, terá. Mas é só um palpite meu e posso estar completamente enganado", continuou

"Ele não tem consciência do que faz, nem do impacto que teve", disse.

Conheça esta e outras declarações, no vídeo, abaixo.