urlvisit
EXCLUSIVO

Vencedora do primeiro "MasterChef Júnior": "Decidi fazer um livro de receitas, moda e beleza"

Maria Bernardino, de 14 anos, esteve à conversa com a Selfie para falar sobre o livro que escreveu: "O Mundo da Maria". Será lançado já no próximo sábado, dia 18, na livraria Buchholz, em Lisboa, e reúne todas as receitas que a jovem fez no programa, mas não só!

Como é que surgiu a ideia de escrever um livro? O que podemos lá encontrar?

Antes de ter participado no MasterChef, já queria escrever um livro, mas, na altura, só queria fazer um livro com dicas de maquilhagem e moda, até tinha, e tenho, um canal de youtube, por isso, queria fazer um livro com maquilhagens, penteados e essas coisas. Só que depois, quando entrei no programa, a minha paixão pela cozinha cresceu e, então, decidi fazer um livro com receitas, dicas de moda e beleza. É o meu livro e é mesmo aquilo que queria. 

Qual é a receita preferida?

Eu não tenho uma receita preferida. Todas são as minhas favoritas.

Este é um livro para miúdos e graúdos?

O livro não é um livro infantil, mas também não está um 'livro adulto'... é um livro para todas as idades. As fotografias foram escolhidas ao pormenor e fizemos tudo como tínhamos planeado. 

Depois de teres vencido a primeira edição do "MasterChef Júnior", quais os conselhos a dar aos próximos concorrentes?

O conselho que eu dou é o de eles aproveitarem, sempre, todos os momentos, porque quando eu lá estava, para mim, todos os momentos eram bons. Gostei de tudo o que estava a viver. Quando chega o dia em que saímos de lá, sentimos muitas saudades. Eu senti saudades de tudo. 

Qual é que é a melhor memória que guardas do programa?

Todas foram as melhores, mas gostei muito de estar lá com o tio Goucha, de irmos para o exterior, gostei do último programa, e de vencer, claro. Tenho só boas memórias.

Vais ter alguma participação especial na segunda edição?

Vou, mas ainda não posso falar sobre isso.

As pessoas ainda te reconhecem na rua? Pedem-te conselhos sobre a cozinha? E sobre maquilhagem?

Sim. Onde eu moro, as pessoas vêm muito ter comigo e, às vezes, dizem: 'Anda lá a minha casa para cozinhares comigo'. Sim, às vezes vou a casa das minhas amigas, para penteá-las e maquilhá-las.