Filho mais velho de Ágata julgado por violação de menor

Ágata na Selfie
Ágata apresenta o seu novo trabalho

Marco de Sousa Caneira, de 38 anos, filho mais velho da cantora Ágata, está a ser julgado por uma alegada violação de uma jovem de 14 anos, nos Açores, em 2016.

Marco de Sousa Caneira está a ser acusado pelo Ministério Público de um crime de violação agravada, um crime de tentativa de pornografia de menores agravado e um crime de importunação sexual, num caso que remonta a setembro de 2016, depois de uma festa popular na freguesia da Nossa Senhora dos Remédios, na Povoação.

A jovem, então com 14 anos, afirmou que foi forçada a fazer sexo oral e sexo anal e que, dias depois, se dirigiu a uma unidade hospitalar para realizar um teste de gravidez, tendo sido uma enfermeira a fazer a denúncia que levou à investigação. 

A TVI24 noticia que o julgamento do cantor começou esta terça-feira, sem a sua presença, no Tribunal Judicial da Comarca de Ponta Delgada, nos Açores, pois este solicitou ao tribunal a dispensa do julgamento, alegando razões de saúde mental. O julgamento, que se realiza à porta fechada, vai prosseguir na quinta-feira com audição de testemunhas e alegações finais do Ministério Público e do advogado de defesa do arguido, informa, ainda, a TVI24.

Esta não é a primeira vez que Marco de Sousa Caneira enfrenta problemas com a justiça. Em 2014, foi condenado pelo Supremo Tribunal de Justiça a indemnizar em dez mil euros uma antiga namorada, depois de ter sido divulgado um vídeo íntimo do casal num site pornográfico.