TVI

Nova esperança no caso Maddie: polícia identifica alemão como suspeito formal

Um alemão, que está a cumprir pena pela violação de uma mulher, foi identificado pela polícia como suspeito formal do rapto e morte de Maddie.

A Polícia Judiciária (PJ), Metropolitan Police de Londres e polícia alemã (BKA), que se têm articulado em segredo nos últimos anos, chegaram a um suspeito formal do rapto e morte de Madeleine McCann, criança inglesa desaparecida em maio de 2007 na praia da Luz, Lagos, quando tinha apenas três anos.

Ao longo dos últimos 13 anos, é a primeira vez que a polícia assume suspeitas formais sobre um suspeito.

Trata-se de um alemão que, segundo apurou a TVI, é um predador sexual que está atualmente preso na Alemanha. Cumpre pena por outro caso, de violação de uma mulher, mas estava na praia da Luz quando Maddie desapareceu.

"O suspeito em questão, de 43 anos de idade, com antecedentes criminais, residiu em Portugal entre 1996 e 2007 e está atualmente a cumprir pena de prisão na Alemanha", lê-se no comunicado da Polícia Judiciária. 

Há provas recolhidas nos últimos meses que o colocam como presumível autor dos crimes de rapto e homicídio de Maddie e que o móbil do crime serão motivações de natureza sexual.

Relacionados