No Facebook

Filha de Nuno da Câmara Pereira já encontrou dador de medula óssea

Após ser diagnosticada com síndrome mielodisplásico, uma pré-leucemia aguda, Madalena da Câmara Pereira, de 45 anos, já encontrou um dador de medula óssea compatível.

  • 12 jul, 12:53
Redação

"Salve vidas! Há por aí alguma medula?", começou por apelar a filha de Nuno da Câmara Pereira, numa publicação que realizou no Instagram, há cerca de duas semanas.

"Sou a Madalena, quem me conhece trata-me por 'Laranjinha'. Tenho 45 anos, duas filhas que adorava ver crescer e acompanhar. Em 2020, tive um cancro de mama que tratei com seis meses de quimioterapia, cirurgia e radioterapia, no IPO de Lisboa. Voltei a trabalhar e a fazer a minha vida normal. Em abril de 2022, fui, inesperada e novamente, diagnosticada com síndrome mielodisplásico, um nome feio e comprido para, por palavras simples, dizer pré-leucemia aguda", tinha contado Madalena da Câmara Pereira, aproveitando para recordar o cancro da mama que venceu, há dois anos.

Entretanto, Madalena da Câmara Pereira já encontrou um dador compatível e foi o pai, o músico Nuno da Câmara Pereira, quem deu a boa nova, nas redes sociais. "A minha filha já tem dador de medula compatível", começou por escrever.

O artista aproveitou, ainda, para agradecer a solidariedade de todos os que ajudaram a filha a encontrar um dador. "Agradeço imenso toda a solidariedade partilhada e vivida. Deus é grande e o amor entre os homens ajuda a vencer e a acompanhar todas as dificuldades", afirmou.

O transplante de medula que Madalena da Câmara Pereira irá, agora, realizar era, segundo a própria, o único tratamento que lhe poderia salvar a vida.

Veja, agora, a publicação feita por Nuno da Câmara Pereira.

Relacionados