Após morte da irmã por overdose, Louis Tomlinson quebra o silêncio

Igor Pires

O cantor Louis Tomlinson desabafou que o falecimento da irmã o tornou mais forte.

Foi no passado mês de março que faleceu a irmã de Louis Tomlinson, Felicité Tomlinson, aos 18 anos. De acordo com o portal "E! News", a adolescente faleceu devido a uma overdose acidental, resultante de uma mistura de cocaína com Xanax e Oxicodona.

Entretanto, o ex-membro dos One Direction, que também perdeu a mãe, em 2016, devido a uma leucemia, quebrou o silêncio sobre estes acontecimentos funestos. Em declarações à publicação "The Guardian", Louis Tomlinson falou que se sente mais forte, após ambas as perdas.

"Esse lado negro por que eu tenho vindo a passar, parece estúpido dizer, mas deu-me força em todos os aspetos da minha vida, porque foi a coisa pior com que eu tive de lidar. Por isso, torna tudo, não diria mais fácil ou menos importante, mas, num panorama geral, vês as coisas como elas são, suponho", começou por afirmar.

Além disso, o cantor assegura que os fãs foram fundamentais nesse processo de luto. "Tenho a certeza de que todos os artistas dizem isso, mas acredito mesmo. Passamos por momentos difíceis juntos e essas coisas por que passei, elas trazem um peso emocional também aos fãs. Senti o amor e o apoio deles. Lembro-me, claramente, de que, quando perdi a minha mãe, esse apoio foi enorme". 

"Não há tempo para ter pena de mim mesmo. [...] Estranhamente, tornei algo mesmo muito mau em algo que me faz mais forte", terminou.