Sofia Cerveira presta homenagem ao pai. "As saudades não cabem no peito"

Sofia Cerveira na Selfie
Gonçalo Diniz e Sofia Cerveira celebram segundo aniversário da filha
Sofia Cerveira vive férias de sonho no Algarve

No passado dia 6 de maio, morreu o pai de Sofia Cerveira. A apresentadora deixou, agora, umas palavras de homenagem ao seu "herói".

Raul Cerveira, mestre de Karaté, morreu aos 76 anos, vítima de doença. Na altura, Sofia Cerveira apenas escreveu "O meu herói" a acompanhar uma imagem do progenitor. Agora, a apresentadora deixou um texto sobre as saudades e admiração pelo pai.

"Meu Pai! Meu querido Pai! Tanto aqui dentro... Por agora, só consigo dizer que estará em mim para S-E-M-P-R-E! Sinto MUITO a sua falta. A vida nunca mais será como antes. As saudades não cabem no meu peito! Mas sei que agora está em paz. E como merecia esta paz, meu amor! Foi um verdadeiro HERÓI", lê-se, na legenda da publicação que mostra o  mestre de Karaté.

Recorde-se que Gonçalo Diniz, companheiro da apresentadora, também já prestou uma homenagem ao sogro: "Mestre com hora marcada! Ao meu querido Mestre Raul Cerveira, meu mentor, meu amigo, meu companheiro de luta e meu amado sogro deixo aqui o meu grito de amor, de gratidão e de comprometimento com tudo o que falamos sobre educação. Talvez a pessoa mais FORTE que conheci na vida, mais nobre e mais dedicado aos seus.
Sempre tinha uma palavra sábia, ternurenta e eficaz. Vou ter muitas saudades mas garanto que seus ensinamentos serão eternos aqui em casa. Uma salva de palmas para este grande HOMEM... Mestre Raul! Até já querido."

Veja, agora, a galeria de imagens.