João Baptista chora morte do avô: "Partiste agora sereno"

O ator João Baptista vive um momento difícil, após a morte do avô.

João Baptista anunciou esta terça-feira, 24 de março, que o avô morreu.

O ator usou as redes sociais para homenagear o homem que o criou, publicando uma imagem na qual os dois surgem deitados, na cama.

Num poema, intitulado "Não sei por onde começar", João Baptista assume que não quer aceitar a ausência daquele que lhe ensinou tudo o que sabe.

Leia, agora, a pubicação, na íntegra, e veja a imagem partilhada pelo ator na geleria que preparámos para si.

"Não sei até, se te devo escrever
Pois não quero nem aceitar
Que a partir de agora, não te vou ver

Foste gigante na minha vida
Ensinando-me muito do que sei
E olhando o mar, na tua ida
Gritei por ti, meu Rei.

Vieste naquele momento para me confortar
Eu senti Avô, a tua mão
Aconchegaste-me no teu afecto
E disseste, tem calma, meu João
Habituado sempre a mandar
Com aquele jeito de ser só teu
Por vezes uma “palmada” me vinhas dar
Só para dizeres que o teu coração era meu.

Cuidas-te de mim em pequeno
E contigo aprendi tanto
Partiste agora sereno
E a vida, é assim portanto..? Tanto amor, tanto amor, tanto amor
Foi tudo aquilo que me deste e que te dou
Fica em paz meu guerreiro
Recordar-te-ei para sempre, meu AVÔ.

Amo-te".