urlvisit

Júlio Isidro chora a morte de "querido amigo"

Júlio Isidro - Nasceu a Missão Continente 02.06.15 Foto: Artur Lourenço/Lux

O apresentador partilhou um texto emocionante no Facebook.

Júlio Isidro está de luto. Neste sábado, dia 24, o apresentador partilhou no Facebook um longo texto de homenagem a "um querido amigo", o cantor e médico Álvaro Malta.

"Que momento inesquecível tive a ocasião de viver no programa Festa é Festa, quando o desafiei de improviso, meu querido Álvaro Malta, a fazer uma cena do Barbeiro de Sevilha naquele palco", começa por escrever Júlio Isidro, que prossegue: "Com o seu sorriso aberto e voz tonitruante respondeu-me : - Só faço o Don Bartolo se o Julio Isidro fizer o Ambrogio. E assim sem ensaio e com o apoio do pianista de S.Carlos com quem tudo já estava combinado, aconteceu televisão em estado puro. Assim concretizei o meu sonho de cantor lírico frustrado, enquanto Álvaro malta se revelava na sua dimensão de grande artista sem tiques de vedeta. Quanto maior o talento, menor a ostentação foi regra da sua vida."

O apresentador recordou também a última entrevista que fez a Álvaro Malta: "Na última entrevista que lhe fiz no Inesquecível há dois anos, recordo os seus olhos brilhantes ao dizer que não há nada mais belo no mundo do que o acto de um nascimento. O meu querido amigo que ajudou centenas ou milhares de mães a cumprirem esse maravilhoso desígnio, partiu agora para uma dimensão onde tantos dos seus ex-bebés um dia o virão a encontrar. Talvez para cantar o Elixir de Amor com um coro de anjos."

Emocionado, Júlio Isidro termina o post, despedindo-se do seu amigo: "Estamos todos de pé no maior aplauso de uma vida. E o modesto empregado Ambrogio, chora a partida de Don Bartolo. Choro mesmo....porque o dueto acabou, até um dia destes. O país deve-lhe muito meu querido Álvaro Malta."