Rita Pereira revolta-se: "São vocês que vão matar os meus pais e os meus avós"

Rita Pereira revolta-se: "São vocês que vão matar os meus pais e os meus avós"
Rita Pereira vai ao hospital: "O Lonô estava com uma tosse mesmo muito grave"
Rita Pereira ensina a lavar as mãos para prevenir contágio com coronavírus
Rita Pereira na Selfie
Rita Pereira e Guillaume Lalung rumam a Paris com Lonô

Depois de se ter visto obrigada a levar o filho ao hospital, Rita Pereira deparou-se com um cenário que a deixou, no mínimo, indignada.

Ao levar o bebé para ser atendido na unidade de pediatria de um Hospital, a atriz ficou indignada com alguns dos portugueses, que, ao contrário da atriz, não seguem medidas de combate e prevenção à pandemia Covid-19, colocando em risco a Saúde Pública.

"Fui, porque tinha mesmo de ser. Fui a um hospital privado e não estava quase ninguém, na zona de pediatria não estava mesmo ninguém. Tive muita sorte. Fui de máscara, levei luvas, e levei álcool comigo".

"Por que é que eu estou a contar isto tudo? Porque é incrível como é que vejo pessoal da minha idade [...] sem máscaras, sem luvas, sem desinfetantes, a fazerem a vida na boa, como se nada estivesse a acontecer", acrescentou, mostrando-se revoltada com a população que não segue as recomendações da Direção Geral de Saúde.

"Só para que saibam, caso alguém esteja a viver essa vida espetacular de que não se passa nada, são vocês que vão matar as pessoas mais velhas deste país, são vocês que vão matar os meus pais, que vão matar os meus avós, são vocês...", acrescentou, indignada.

"Previnam-se, pelo menos. Saiam à rua com alguma proteção... fico maluca", concluiu.

Assista, agora, ao excerto do vídeo que a atriz publicou na página de Instagram.