urlvisit

Ex-Pussycat Doll faz revelações chocantes sobre a banda

Redação Selfie / NC

A ex-Pussycat Doll Kaya Jones quebrou o silêncio sobre os motivos que a fizeram abandonar a antiga banda.

A artista integrou a banda "The Pussycat Dolls", em 2003, mas decidiu deixar o grupo dois anos depois, por, alegadamente, ser vítima de abusos sexuais.

No entanto, só agora resolveu denunciar, publicamente, o sucedido, no Twitter.

“Eu não estava numa ‘girls band’, estava numa rede de prostituição. Por acaso, cantávamos e éramos famosas, enquanto os nossos ‘donos’ faziam dinheiro connosco", escreveu numa publicação partilhada na rede social.

Alguns seguidores perguntaram se "tinha sido assim tão mau?", ao que Kaya Jones respondeu: "Foi mau o suficiente para abandonar os meus sonhos, as minhas colegas e um contrato de 11 milhões de euros."

Além disso, a artista revelou que era "obrigada a dormir com homens" e que "foi drogada muitas vezes".