Cristiano Ronaldo: revelados novos detalhes sobre a acusação de violação

Sobrinho de Cristiano Ronaldo já compete com Cristianinho. Qual dos dois será o próximo craque?
O momento em que a namorada de Cristiano Ronaldo se declara ao novo amor
Namorada de Cristiano Ronaldo exibe curvas de sonho
Vídeo de Georgina Rodríguez com os bebé de Cristiano Ronaldo está a indignar os fãs
Mãe de Cristiano Ronaldo abraça novo desafio profissional em Paris
Georgina Rodríguez e Dolores Aveiro juntas por Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo está em Portugal
Cristiano Ronaldo realiza sonho de Georgina Rodríguez
José Andrade, padrasto de Cristiano Ronaldo, na Selfie
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez já usam aliança?

O jornal "Der Spiegel" teve acesso a mais informações.

Foram revelados novos detalhes sobre a acusação de violação feita a Cristiano Ronaldo. A publicação "Der Spiegel", que iniciou a investigação deste caso, teve acesso a novas informações, com a colaboração do site Football Leaks.

De acordo com o jornal, há e-mails com um questionário que os advogados de Cristiano Ronaldo fizeram para apurar os acontecimentos da noite em que Kathryn Mayorga alega ter sido violada.

O questionário conta com 41 páginas e foi realizado pela Lavely & Singers, uma sociedade de advogados em Los Angeles. De seguida, foi enviado para o advogado de defesa de Cristiano Ronaldo, em Londres, e para Carlos Osório de Castro, que também representa o futebolista.

O "Der Spiegel" refere ainda que as declarações de CR7 diferem na primeira versão do questionário (de setembro de 2009) e na última (de dezembro do mesmo ano).

Por exemplo, na primeira versão, CR7 terá dito que a norte-americana lhe pediu, de forma insistente, para parar o ato sexual. Já na versão de dezembro, o craque afirma que Kathryn Mayorga "não se queixou, não gritou, nem pediu ajuda".