Internacional

Antiga princesa do Catar encontrada morta em Espanha, aos 45 anos

Kasia Gallanio, ex-mulher do príncipe Abdelaziz bin Khalifa Al Thani, tio do emir do Catar, foi encontrada morta, em casa, na cidade de Marbella, em Espanha.

Kasia Gallanio, antiga princesa do Catar, foi encontrada morta, em casa, na cidade de Marbella, em Espanha, onde vivia atualmente.

A ex-mulher do príncipe Abdelaziz bin Khalifa Al Thani, tio do emir do Catar, com quem travava uma batalha em tribunal, pela guarda das três filhas, menores, foi encontrada sem vida, na cama, sem sinais de violência.

De acordo com a imprensa internacional, as autoridades foram avisadas por uma das filhas, que vive em Paris, França, e que não conseguia falar com a mãe há alguns dias.

Kasia Gallanio, de ascendência polaca, mas nascida em Los Angeles, nos Estados Unidos da América, foi a terceira mulher de Abdelaziz bin Khalifa Al-Thani, atualmente com 73 anos.

O casal divorciou-se em 2012, perante uma grande polémica. A antiga princesa do Catar pediu a custódia das três filhas, mas esta foi-lhe negada por alegados problemas de alcoolismo e depressão.

As gémeas Yasmin e Reem, de 17 anos, e Malak, de 15, ficaram, então, a viver com o tio do emir do Catar, na capital francesa.

No entanto, uma das filhas terá denunciado que foi vítima de agressão sexual pelo pai, quando tinha entre nove e 15 anos. Abdelaziz bin Khalifa Al Thani negou tal acusação, mas a Procuradoria de Paris abriu uma investigação de agressão sexual agravada.

Veja, agora, as fotografias de Kasia Gallanio, que morreu aos 45 anos.

Relacionados