urlvisit

Imagens impressionantes no "Jornal das 8": "As consequências do vírus não são todas dramáticas"

De forma a assinalar o Dia Mundial da Terra, José Alberto Carvalho abriu o "Jornal das 8" com uma reportagem intitulada "O Suspiro da Terra", com imagens que não deixaram ninguém indiferente.

O pivô da TVI fez um balanço dos últimos 50 anos, "um escasso lapso de tempo", mostrando as tragédias ambientais provocadas pelo Homem, e, por outro lado, o renascer da Natureza, com a chegada do novo coronavírus, deixando, assim, uma mensagem de esperança. 

"As florestas ardiam na Austrália, extinguiam-se colónias de animais e plantas raras, a Sibéria tinha temperaturas de primavera, Nova Deli fechou - não por causa de um vírus - mas por causa da poluição atmosférica, o gelo estava mais fino do que nunca", inctroduziu.

"Agora, o mundo parou e os seres humanos limitam-se a sobreviver, e o que é que acontece? Os animais voltaram, as cores voltaram, há pássaros pretos de bico laranja, as cidades - Nova Deli incluída - saíram do nevoeiro, as águas nos mares e nos canais de Veneza estão azuis da cor do céu: o céu que nos protege", continuou.

"As consequências do vírus não são todas dramáticas. Para o Planeta que nos acolhe, o vírus significa um momento de alívio e um suspiro profundo", concluiu.

(Re)veja, agora, as imagens impressionantes.