Judite Sousa apresenta novo livro escrito em apenas 10 dias

Judite Sousa na Selfie
Judite Sousa na Tailândia
Judite Sousa e Manuel Luís Goucha em Windsor
Judite Sousa: lançamento do livro Duas ou Três Coisas sobre Mim

A jornalista vai lançar o décimo livro, uma obra cuja ideia nasceu após a cobertura das eleições presidenciais que Judite Sousa acompanhou no Brasil.

"Aí está o meu novo livro. Foi escrito com muita entrega. Com paixão. Como todos os livros devem ser. Escrevi em 10 dias. Lançamento: primeira semana de Janeiro", escreveu Judite Sousa no Instagram, onde anunciou a novidade.

Político Esfaqueado ou é Morto ou é Eleito será apresentado no dia 3 de janeiro, por Sérgio Figueiredo, diretor de informação da TVI,  na livraria Leya na Bucholz, em Lisboa, no mesmo dia em que o novo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, toma posse.

No livro, a jornalista e diretora-adjunta de informação da TVI parte da realidade política brasileira para analisar outras democracias mundiais aparentemente em crise. "Quando regressei do Brasil, trazia um livro na minha cabeça. Depois de repor o sono, telefonei ao Pedro Sobral, diretor do grupo Leya. Encontramos-nos no dia seguinte. Disse-lhe que queria publicar um livro sobre as minhas vivências profissionais como enviada especial ao Rio de Janeiro para efectuar a cobertura jornalística da segunda volta das eleições presidenciais. Ele deu-me 10 dias para eu escrever cerca de 200 páginas. O livro teria que ser lançado logo após a tomada de posse de Jair Bolsonaro como Presidente do Brasil. Durante 10 dias, vivi para o livro", partilhou, ainda, Judite Sousa no blogue.

Recorde-se que, este ano, Judite Sousa publicou dois livros: Duas ou Três Coisas Sobre Mim e Não Me Olhes com Esse Tom de Voz, este último escrito com a médica Maria do Céu Santo.