Internacional

Rainha Isabel II surge de máscara, pela primeira vez, desde o início da pandemia da Covid-19

Pela primeira vez desde o início da pandemia da Covid-19, a rainha Isabel II surgiu, publicamente, a usar máscara, nas cerimónias do Remembrance Day.

Depois de ter sido criticada por ter surgido sem máscara em eventos anteriores, a rainha Isabel II surgiu, pela primeira vez, em público, a usar este acessório que faz parte das medidas de proteção para conter a pandemia de covid-19.

A monarca britânica visitou o túmulo do soldado desconhecido, na Abadia de Westminster, para uma cerimónia de homenagem aos mortos durante a Primeira Guerra Mundial.

Durante a cerimónia privada, a rainha Isabel II, de 94 anos, deixou, no túmulo, um ramo de flores que reproduz aquele que usou no próprio casamento, em 1947.

Já no domingo, dia 8, os restantes membros da família real participaram na cerimónia pública do Remembrance Day. Nas imagens, é possível ver-se Camilla Parker-Bowles e Kate Middleton, na varando do palácio de Buckingham, enquanto o príncipe Carlos e o filho mais velho, o príncipe William, desfilam na parada e depositam o tradicional ramo de papoilas vermelhas no memorial.

De notar que foi decretado um novo confinamento, no Reino Unido, no início de novembro, numa tentativa de desacelerar o número de infeções pelo novo coronavírus.

Veja, agora, as imagens da cerimónia, na galeria de fotos que preparámos para si.

Relacionados