urlvisit

Princesa Diana. Jornalista da BBC fala sobre entrevista polémica: "Profundamente desolado"

Princesa Diana morreu há 23 anos
Paulo Cardoso fala sobre o horóscopo da Princesa Diana
Filhos de Kate e William fazem desenhos e escrevem carta para a princesa Diana
"Vestido da vingança" da princesa Diana vai a leilão milionário
Meghan Markle homenageia princesa Diana, após licença de maternidade

O jornalista Martin Bashir apresentou um pedido de desculpas aos príncipes William e Harry, mas afirmou que não ajudou a alimentar a "paranoia" da princesa Diana.

Numa entrevista concedida ao site do jornal Sunday Times, Martin Bashir reagiu às conclusões de um relatório independente, divulgadas na passada quinta-feira, dia 20, que garantem que a BBC encobriu as práticas "fraudulentas", utilizadas pelo jornalista, para garantir uma polémica entrevista à princesa Diana, não tendo, assim, cumprido as normas adequadas de "integridade e transparência".

Martin Bashir começou por afirmar que se sente "profundamente desolado" pelos filhos da "Lady Di", o príncipe Harry e o príncipe William. "Nunca tive a intenção de prejudicar a princesa Diana e não creio que o tenhamos feito. Tudo aconteceu tal e qual como a princesa Diana queria: desde o dia da exibição da entrevista aos conteúdos", defendeu o jornalista.

"Não creio que possa ser responsabilizado por muitas das coisas que estavam a acontecer na sua vida. [...] Sugerir que sou individualmente responsável é injusto", acrescentou Martin Bashir, reagindo às acusações dos filhos da princesa Diana de que a entrevista teria sido um fator importante para um maior afastamento dos pais e, até, para o fim da vida da "princesa do povo".