urlvisit

Ex-namorado da princesa Diana faz revelações bombásticas

Princesa Diana morreu há 23 anos
"Vestido da vingança" da princesa Diana vai a leilão milionário
Meghan Markle homenageia princesa Diana, após licença de maternidade
Camilla Parker-Bowles gera polémica ao usar joia da princesa Diana
Como seria se a princesa Diana conhecesse Kate Middleton e Meghan Markle?

Hasnat Khan, ex-namorado da falecida princesa Diana, fez revelações bombásticas acerca da polémica entrevista que Lady Di deu à BBC e que, agora, está a ser investigada.

A polémica entrevista dada pela princesa Diana à BBC continua a ser investigada, depois de o jornalista Martin Bashir ter sido acusado de usar documentos falsos para chantagear Lady Di e obrigá-la a prestar o depoimento que abanou a realeza britânica.

Agora, Hasnat Khan, ex-namorado da mãe do príncipe William e do príncipe Harry, veio acrescentar novos dados e garantir que a Princesa Diana foi "manipulada".

"Uma das maiores qualidades dela era a vulnerabilidade. Era o que a tornava querida pelo público. Mais tarde, percebi que o Martin [Bashir] pegou nessas vulnerabilidades e as explorou. Ele foi muito persuasivo com a Diana. Foi tudo sobre ele ser da BBC, ser respeitável e, até, piedoso. Mas encheu a cabeça dela de lixo", relatou Hasnat Khan, ao Daily Mail.

O cirurgião paquistanês, que alguns chegaram a apontar como tendo estado perto de casar com Lady Di, acrescentou que, depois de ter concedido a entrevista, a princesa Diana começou a acreditar que o príncipe Carlos tinha um caso com Tiggy Legge-Bourke, a ama dos filhos. A obsessão da apelidada "Princesa do Povo" foi tal que esta terá chegado a recorrer a escutas telefónicas para perceber se a suspeita era verdade.

Hasnat Khan assegurou, ainda, que, em diversas vezes, alertou a, então, companheira para ter cuidado com o jornalista. "Logo de início, começou a fazer perguntas mais diretas sobre a nossa relação. Porque não nos casávamos? Quando iríamos casar-nos? Esse tipo de coisas. Houve algo nele de que não gostei. E disse à Diana para ter cuidado com ele", revelou o cirurgião, dando mais ênfase às acusações contra o jornalista da BBC.